Joe Exotic, de Tiger King, é '100 vezes pior' pessoalmente, diz sobrinha

Chealsi Putman disse que a nova série da Netflix não conta a história toda: "Quero que as pessoas saibam quem é o verdadeiro Joe Exotic"

Redação Publicado em 09/04/2020, às 11h18

None
Joe Exotic, de Tiger King (Foto: Netflix / Divulgação)

A sobrinha de Joe Exotic, centro da nova série documental da Netflix, Tiger King, se pronunciou recentemente contra o tio, revelando que ele é “muito pior na vida real” do que foi retradado nas telinhas.

Filha da irmã de Exotic, Chealsi Putman disse que os espectadores de Tiger King têm apenas uma ideia de "sua persona má", mas não sabem a história toda. Segundo ela, o tio congelava corpos de filhotes de tigres mortos para vender aos taxidermistas.

+++LEIA MAIS: Ativista Carole Baskin acusa documentário Tiger King de ser cheio de 'mentiras de pessoas que não são confiáveis'

“Você pode ter vislumbres de sua personalidade maligna, mas, na vida real, Joe é 100 vezes pior. Quero que as pessoas saibam quem é o verdadeiro Joe Exotic”, disse Putman ao Mail Online.

A sobrinha de Joe Exotic trabalhou no zoológico dele periodicamente de 1999 a 2017 e afirma ter testemunhado pessoalmente ele "pulverizar um tigre com um extintor de incêndio - não por motivos de segurança ou por motivos de salvação, mas porque o tigre não reagiu da maneira que Joe queria.”

+++LEIA MAIS: Tiger King - como vivem hoje os protagonistas do novo sucesso da Netflix?

Joe "Exotic" foi condenado a 22 anos de prisão por violar o bem-estar animal e pela acusação de planejar assassinar sua rival, a ativista de direitos dos animais Carole Baskin.

 


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK