Joe Exotic sobre não receber perdão presidencial de Donald Trump: ‘Os amigos corruptos vêm primeiro’

O astro de Tiger King, da Netflix, tinha esperanças de receberia o perdão de Trump

Redação Publicado em 22/01/2021, às 16h22

None
Joe Exotic e Donald Trump (Foto 1: Divulgação/ Foto 2: Mark Seliger)

Joe Exotic não recebeu o perdão presidencial de Donald Trump conforme havia planejado - e em publicação nas redes sociais, o astro de Tiger King deu a opinião sobre o motivo que levou o ex-presidente a não perdoá-lo: ‘Fui muito inocente e muito gay’. As informações são da Consequence of Sound.

+++LEIA MAIS: Snoop Dogg agradece Donald Trump por perdoar Michael ‘Harry O’ Harris

Ao longo de 2020, Exotic se esforçou para conseguir o perdão, que garante imunidade ou redução de sentença a crimes já cometidos. O astro está cumprindo 22 anos de prisão, e entre os 143 perdoados de Trump, o astro da Netflix não está na lista. Decepcionado, Joe Exotic deu declaração nas redes sociais:

“Eu era muito inocente e muito gay para merecer um perdão de Trump. Eu só importei para Don Jr. quando ele precisou fazer um comentário sobre mim para impulsionar sua postagem nas redes sociais. Rapaz, fomos todos estúpidos em acreditar que ele realmente defendia a Igualdade de Justiça? Seus amigos corruptos vêm primeiro”, disse. 

+++LEIA MAIS: Trump garante imunidade criminal de Lil Wayne antes de deixar Casa Branca

Conforme publicado pela Rolling Stone anteriormente, após meses de esforço para chamar a atenção de Trump, Joe Exotic estava tão certo de que seria perdoado que contratou uma limousine para buscá-lo na prisão. O ex-presidente não fez declarações sobre a decisão.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ PÉRICLES | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL