Joey Jordison foi demitido do Slipknot por email: 'Doloroso'

Contrariando comunicado do Slipknot na época, Joey Jordison afirmou que foi demitido da banda por email: 'Foi uma forma covarde'

Itaici Brunetti Publicado em 28/07/2021, às 10h38

None
Joey Jordison no Slipknot (Foto: Getty Images)

Nesta semana, os fãs de heavy metal e música em geral foram pegos de surpresa com a notícia de que o baterista Joey Jordison, ex-Slipknot e membro fundador da banda, foi encontrado morto em sua casa, aos 46 anos.

Joy Jordison saiu do Slipknotem 2014, e, segundo comunicado da banda na época, o músico "deixou" o grupo por "motivos pessoais" e desejava a ele "o melhor em seus novos projetos". No entanto, anos depois o próprio músico desmentiu alegando que foi demitido por email e condenou a forma de sua demissão como "covarde."

+++LEIA MAIS: Morre Joey Jordison, ex-baterista do Slipknot, aos 46 anos

"Nenhuma reunião com a banda? Nenhuma. Alguma coisa do empresário? Não, nada. Tudo que recebi foi um e-mail estúpido dizendo que eu estava fora da banda e que ferrei a minha vida inteira para criar." disse Jordison à Metal Hammer

O baterista, que também fundou as bandas Murderdolls, Scar the Martyr e Vimic, pontuou sua demissão como "dolorosa": "Foi exatamente isso o que aconteceu e foi doloroso. Eu não merecia aquela m*rda depois do que fiz e de tudo que passei [com o Slipknot]. 

Ele acrescentou: "Já passei por tantas coisas com esses caras e os amo muito. O que é doloroso é a forma como as coisas aconteceram e não foi certa. Isso é tudo o que eu quero dizer: eles fizeram isso de uma forma covarde. Foi uma m*rda."

+++LEIA MAIS: 'Você é um idiota', diz Corey Taylor, do Slipknot, sobre quem vai a shows sem estar vacinado

De acordo com Jordison, o principal contribuinte para sua demissão foi uma doença chamada mielite transversa. "Perdi minhas pernas. Não conseguia mais tocar. Era uma forma de esclerose múltipla que eu não desejaria ao meu pior inimigo," disse ele que se recuperou após sessões de academia e terapia. "Para pessoas com esclerose múltipla, mielite transversa ou qualquer coisa assim, sou a prova viva de que você pode vencer essa m*rda."

Na mesma entrevista, o baterista revelou que gostaria de voltar a tocar com a banda. "Se isso fosse trazido, o que eu gostaria de fazer seria um encontro. Eu gostaria de vê-los, abraçá-los e sentir aquela energia que tínhamos quando éramos jovens, com fome e tudo mais."

"Eles são meus irmãos. Nós nos abraçávamos, conversávamos e fazíamos as m*rdas como costumávamos fazer. Costumávamos ficar acordados a noite toda planejando essa m*rda e o que queríamos fazer. Então, é assim que eu gostaria de fazer," concluiu o baterista.

Após a demissão de Joey Jordison, Jay Weinberg assumiu as baquetas do Slipknot. As informações são do site Express UK

+++LEIA MAIS: Clown, do Slipknot, fala sobre morte da filha: ‘Uma perda como essa te faz dar passos para trás’


+++ RS TRENDING | CONHEÇA OLIVIA RODRIGO: VIDA, RECORDES, SOUR E MAIS!