Jogo War ganha versão carioca

"War in Rio é um jogo manifesto e uma piada de mau gosto", diz site do criador

Da redação Publicado em 29/11/2007, às 16h48 - Atualizado às 18h58

Tabuleiro foi feito com ajuda de mapeamento por satélites
Reprodução

No país da piada pronta, com uma grande metrópole diante de uma guerra civil, a melhor solução para resolver o problema é fazer justiça com as próprias mãos. Nem que seja em um jogo de tabuleiro.

Pelo menos essa é a solução do designer carioca Fabio Lopez, que há três anos vem trabalhando no projeto War In Rio, uma versão do clássico jogo de tabuleiro War, em que os jogadores devem conquistar países - na versão brasileira, quem quer ganhar precisa dominar favelas do Rio de Janeiro.

O projeto já está concluído. Lopez ainda montou um selo para lançar sua criação, o Crew (uma paródia da Grow, empresa dona dos direitos de War no Brasil). War in Rio é essencialmente igual a War, mas, na versão fluminense, os exércitos deixaram de ser apenas cores para ganhar denominações: cada uma das facções do crime organizado, a Polícia Militar, e, é claro, o BOPE.

Para montar War in Rio, Lopez contou com a ajuda do Google Maps para mapear o Rio de Janeiro, que ficou dividido em seis regiões: Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro, Avenida Brasil e Baixada Fluminense.

O jogo de tabuleiro não está à venda. Para saber mais sobre o projeto, acesse a página oficial clicando aqui.