John Frusciante diz que está sendo perseguido por fã

Ex-guitarrista do Red Hot Chili Peppers pediu proteção policial contra mulher de 32 anos

Da redação Publicado em 17/08/2011, às 13h00

John Frusciante: "Estou sendo perseguido"
AP

John Frusciante, ex-guitarrista do Red Hot Chili Peppers, pediu proteção policial por conta de uma fã que, segundo ele, está perseguindo-o. A informação foi divulgada com exclusividade pelo site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

De acordo com Frusciante, uma mulher de 32 anos, chamada August Elizabeth Thomas, o procurou no ano passado a fim de conseguir os direitos para escrever um roteiro baseado na vida do guitarrista. Embora o músico tenha negado, ela persistiu com uma campanha agressiva de cartas e e-mails desconexos e "excessivamente sentimentais". August também foi a diversos shows atrás de Frusciante para falar sobre o roteiro, e recentemente apareceu duas vezes na casa dele, em dois dias seguidos.

Em um pedido por escrito, o instrumentista expressou medo de que a fã esteja "instável". Frusciante afirmou ainda que como ele e sua esposa são músicos e tocam em lugares pelo mundo todo, será difícil evitar August caso ela continue tendo permissão e acesso livre a ele.

Frusciante e August devem participar de uma audiência ainda este mês.