John Legend ganha prêmio das Nações Unidas por defesa dos direitos humanos no setor artístico

“Com esse prêmio, celebramos uma multidão de defensores e gerações de líderes de movimentos que colocaram seus ombros na roda do progresso”, disse o músico

Jon Blistein, Rolling Stone EUA Publicado em 10/12/2020, às 12h39

None
Os Direitos Humanos das Nações Unidas concedeu a John Legend o seu segundo prêmio anual de High Note Global em reconhecimento à sua carreira como músico e ativista que luta por justiça social.
 
Legend compartilhou um pequeno vídeo com um discurso de aceitação, dizendo: “Eu acredito no poder da música para nos inspirar, para conectar nossos corações, para dar voz a sentimentos para os quais palavras por si só não são suficientes, para nos acordar da complacência, para galvanizar e impulsionar os movimentos sociais. Os artistas têm uma rica tradição de ativismo. Temos uma oportunidade única de alcançar as pessoas onde elas estão, além das divisões políticas e das fronteiras. Tive o privilégio de usar a minha voz e a minha plataforma para promover a causa da equidade e da justiça. ”
 

+++LEIA MAIS: John Legend e Chrissy Teigen fazem tatuagem em homenagem ao filho que morreu

Ao longo de sua carreira de 20 anos, Legend esteve intimamente envolvido com uma variedade de causas. Em 2007, iniciou a Show Me Campaign, programa para melhorar o acesso à educação, enquanto o The Bail Project defendeu o fim do encarceramento em massa para que os presos libertados encontrassem trabalho com mais facilidade, removendo as verificações de antecedentes criminais dos formulários de emprego. Em seu discurso no High Note Global Prize, ele mencionou a sua campanha mais recente, FreeAmerica, que visa uma ampla reforma da justiça criminal.
 
“Com esse prêmio, celebramos uma multidão de defensores e gerações de líderes de movimentos que colocaram seus ombros na roda do progresso”, disse Legend. “Eu não fico aqui absorvendo esses elogios para mim. Estou aqui grato por suas ideias e energias, e honrado por poder amplificar suas vozes usando a minha plataforma. Aceito este prêmio com profunda humildade e honrado, com compromisso renovado com o trabalho e a esperança permanente de um futuro justo".
 

+++LEIA MAIS: John Legend é eleito o homem mais sexy do mundo, segundo revista People

Em junho, Legend lançou o seu sétimo álbum de estúdio, "Bigger Love". Recentemente, ele colaborou com Carrie Underwood em um novo dueto, “Hallelujah”, de seu primeiro álbum de Natal, "My Gift". Legend está programado para se apresentar no especial de premiação do Global Citizen Prize, que vai ao ar em 19 de dezembro na NBC.

+++ TICO SANTA CRUZ: 'A GENTE QUERIA PROVOCAR OS CONSERVADORES' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL