John Lennon amou música que Nina Simone fez para atacá-lo

No final dos anos 1960, a artista respondeu uma música composta por Lennon para os Beatles

Redação Publicado em 24/08/2020, às 16h46

None
John Lennon e Nina Simone (Foto 1: AP/ Foto 2: AP)

Os Beatles criaram a música "Revolution" em 1968 (composta por John Lennon). Na época, a mensagem da faixa foi considerada ambígua e, de acordo com o livro Revolution in the Head: The Beatles’ Records and the Sixties, algumas pessoas se incomodaram com o tom otimista. Como relembra o CheatSheet, Nina Simone até escreveu uma canção em resposta.

Na obra, There’s a Riot Going On, é revela como a cantora manteve a estrutura da música original do Fab Four, mas deu uma sonoridade um pouco diferente para a faixa composta por ela, "Revolution" (1969). 

+++LEIA MAIS: Qual música do White Album Paul McCartney não considera ‘ser dos Beatles’?

Segundo o CheatSheet, enquanto a "Revolution" dos Beatles era apolítica, a de Nina Simone prezava por uma mudança radical. Enquanto o Fab Four deixa ambígua a ideia da mudança da Constituição dos EUA, Nina a critica abertamente.

Inclusive, o final da música da artista é uma cacofonia de diversos sons, uma referência à "Revolution 9", do quarteto. Em entrevista, Nina comentou sobre a própria faixa: “Revolution significa o que está acontecendo em todo o mundo. Se você ouvir a letra, verá que, embora inclua o problema racial, inclui todas as revoltas e rebeliões acontecendo em todo o mundo... pobres contra ricos, jovens contra velhos”.

+++LEIA MAIS: John Lennon escreveu música para confundir os fãs dos Beatles no White Album - e tudo bem ainda ficar confuso 50 anos depois

Em entrevista de 1971 à Rolling Stone EUA, John Lennon compartilhou o que achou da composição da colega de carreira: "Achei interessante que Nina Simone deu uma espécie de resposta à 'Revolution'. Isso foi muito bom - foi uma espécie de ‘Revolução’, mas não exatamente. Isso eu meio que gostei, alguém que reagiu imediatamente ao que eu disse”.

Ouça às músicas:


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'