John Lennon dizia que Yoko Ono era a combinação de Paul McCartney e Bob Dylan: 'Não terá o reconhecimento até que morra'

Para o ex-beatle, poucas pessoas entendiam a genialidade da artista e o significado do trabalho dela

Redação Publicado em 11/08/2020, às 12h41

None
John Lennon e Yoko Ono no Bed-In (Foto: AP)

John Lennon acreditava que Yoko Ono era a combinação de Paul McCartney  e Bob Dylan. Além disso, ele achava que a parceira era tão importante quanto os dois músicos, apesar da artista nunca ter chegado perto do sucesso comercial dos astros do rock. 

“Yoko é tão importante quanto Paul e Dylan juntos, para mim”, disse o ex-beatle em entrevista à Rolling Stone EUA, em 1970, de acordo com informações do site Showbiz CheatSheet

+++ LEIA MAIS: John Lennon explicou por que amamos tanto o rock and roll

Lennon ainda afirmou que a companheira só seria reconhecida após a morte e que as pessoas não compreendiam a genialidade da artista. 

“Eu acho que ela não terá reconhecimento até que morra. Existe eu e talvez eu possa contar em uma mão o número de pessoas que tem alguma ideia do que ela é ou como a mente dela é ou o que o trabalho dela significa para essa po*** de geração”, disse o músico. 

+++ LEIA MAIS: John Lennon não sentiu nada quando astro do rock que ele amava morreu

Em seguida, artista revelou que Yoko ainda tinha esperanças de alcançar o sucesso na indústria da música. “Ela tem esperança de que será reconhecida. Se eu não consigo ser reconhecido e eu estou fazendo isso em uma po*** de fantasia de palhaço, eu faço isso nas ruas, você sabe, não sei o que”.

Após a morte de Lennon, a carreira de Yoko continuou sendo pouco reconhecida. Como o ShowBiz CheatSheet escreve, a artista ainda não conseguiu entrar para o Hall da Fama como McCartney ou Dylan, por exemplo. 


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS