John Lennon e Yoko Ono amavam enganar as pessoas em 1º de abril; veja algumas das pegadinhas que o casal fez

O casal conhecido pelo estilo de vida excêntrico aproveitava o dia da mentira para fazer algumas pegadinhas

Redação Publicado em 01/04/2020, às 17h38

None
John Lennon e Yoko Ono (Foto: AP)

1º de abril, dia da mentira, é o momento para fazer várias pegadinhas. Algumas pessoas não perdem a chance de pregar peças nos outros - e esse era o caso de John Lennon, dos Beatles, e Yoko Ono. As informações são do BTR Today.

+++LEIA MAIS: Como John Lennon e Yoko Ono se conheceram?

O casal sempre aproveitou a data para fazer pegadinhas. No dia da mentira de 1970, John Lennon e Yoko Ono anunciaram que ambos passariam por cirurgias de mudança de sexo. Apesar da afirmação ser falsa, o casal era conhecido pelo estilo de vida excêntrico - o que causou dúvidas a respeito da veracidade da informação.

Um ano antes, em 1º de abril de 1969, Ono e Lennon voltavam da Lua de Mel quando a artista plástica convocou uma coletiva de imprensa espontânea no aeroporto de Heathrow. No evento, o casal disse aos jornalistas que estavam "dispostos a serem o palhaço do mundo" - resposta sarcástica à invasão de privacidade da mídia. 

+++LEIA MAIS: Quem é Sean Lennon: conheça o ‘filho planejado’ de John Lennon e Yoko Ono

No dia da mentira de 1973, o casal emitiu uma declaração para a ONU reconhecê-los pelo país "conceitual" deles, a Nutopia. No entanto, a nação sem terra, fronteiras ou passaportes - apenas com pessoas e uma bandeira representada por um lenço branco - causou problemas ao músico. A Organização das Nações Unidas obviamente não reconheceu a nação.


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?