Johnny Depp acusa Amber Heard de traição com Leonardo DiCaprio e Channing Tatum

Eles ficaram juntos entre 2015 e 2017

Redação Publicado em 21/07/2020, às 09h00

None
Amber Heard e Johnny Depp (Foto: Jonathan Brady / PA Wire Press Association via AP)

O processo de Johnny Depp contra o jornal The Sun continua em Londres. Na última segunda, 20, a corte ouviu o depoimento de Amber Heard, que afirmou ter sofrido acusações do ex-marido sobre ela tê-lo traído com Leonardo DiCaprio e Channing Tatum. A informação é do Page Six.

A atriz complementou que Depp chamava DiCaprio de "cabeça de abóbora" e Tatum de "cabeça de batata". Além disso, Heard revelou sobre o ator, "muito ciumento", considerar cada um dos colegas de elenco como "ameaça sexual". 

+++LEIA MAIS: Kanye West quer Jay-Z como vice-presidente nos Estados Unidos

"Ele me acusou de ter casos com cada um dos meus colegas de elenco, filme após filme: Eddie Redmayne, James Franco, Jim Sturgess, Kevin Costner, Liam Hemsworth, Billy-Bob Thornton, Channing Tatum; até mulheres como Kelli Garner", comentou Amber Heard. Ela também disse que Johnny Depp a acusou de ter se relacionado com Leonardo DiCaprio, com quem a atriz chegou a fazer teste para um filme.

Heard continuou: "Ele me provocava - especialmente quando estava bêbado ou chapado - e tinha apelidos depreciativos para cada um dos meus colegas homens que considerava uma ameaça sexual".

A corte também ouviu que Johnny Depp fez piada com a ex-esposa em mensagens de texto ao agente dele depois de descobrir de um suposto caso de Heard com um homem apelidade como "Mollusk", que pode ser Ellon Musk, dono da Tesla.

+++LEIA MAIS: Noah Schnapp, de Stranger Things, pede desculpas por magoar fãs e se afasta da internet

Amber Heard também fez mais acusações: "Ele tentava me flagar pegando meu telefone ou me dizendo que alguém havia lhe dito que eu estava tendo um caso e agia como se ele tivesse informações que comprovassem isso - quando eu realmente não tinha [traído]". "Ele até conseguia cópias dos roteiros que eu estava lendo, sem me consultar, para revisá-los por si mesmo", continuou.

Além disso, de acordo com a atriz, as regras de Depp "ficavam mais rígidas a cada ano que estávamos juntos sobre que tipo de nudez ou cenas eram aceitáveis, querendo descrições de todos os detalhes, todos os aspectos das cenas e como elas eram cobertas, colocando restrições cada vez maiores sobre o que eu podia e o que não podia fazer".


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE