Johnny Depp assume que usa drogas e álcool ‘desde criança’, mas nega ter agredido Amber Heard

Novas mensagens divulgadas confirmam o uso de drogas pelo ator

Redação Publicado em 26/06/2020, às 16h03

None
Amber Heard e Johnny Depp (Foto: Jonathan Brady / PA Wire Press Association via AP)

A briga judicial de Johnny Depp e Amber Heard continua. O uso de drogas e álcool excessivamente do ator pode prejudicá-lo cada vez mais no processo. Segundo o site Yahoo,  via UOL, mensagens de texto sobre essa questão do consumo excessivo de drogas foram pautados em uma audiência, que aconteceu nesta quinta, 25.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp seria um bom Coringa? Kevin Smith garante que sim

Anteriormente, o tribunal havia concedido ao pedido de Amber para que Deppentregasse todos os registros médicos dele, incluindo arquivos de saúde mental para analisar a situação do ator com o consumo excessivo de álcool.

De acordo com o The Sun, o ator de Piratas do Caribe escondeu as mensagens que confirmam o consumo dele de drogas como MDMA e cocaína em 2015. Na ação contra o ex-marido, a atriz afirma que foi vítima de violência doméstica e atacada três dias seguidos em estadia deles na Austrália. Segundo o relato dela, Depp estava agressivo por ter consumido excessivamente MDMA, cocaína e álcool.

+++ LEIA MAIS: Abuso de álcool e drogas de Johnny Depp deve prejudicá-lo em batalha judicial

Nas mensagens compartilhadas é possível ver o ator na busca por drogas. Nelas, o astro pede ao assistente por mais "pílulas felizes" e "coisas brancas". De fato, o advogado dele não negou a veracidade da situação, mas, de acordo com ele, não estão relacionadas com a agressão apontada pela ex-esposa.

"Já falei abertamente sobre meus desafios com álcool e vícios durante minha vida. Na verdade, eu comecei a beber e usar drogas quando era ainda uma criança. Não sinto vergonha em falar sobre isso. Usei drogas na minha vida e ao longo deste relacionamento, mas nunca fui viciado nessas drogas. E nunca álcool e drogas me fizeram cometer violências contra outra pessoa", disse Depp em um comunicado após as acusações.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp cortou o próprio dedo, mas culpou Amber Heard, sugere mensagem


+++ A PLAYLIST DO SCALENE