Johnny Depp canta Heroes, do David Bowie, com sua banda Hollywood Vampires; ouça

Alice Cooper e Joe Perry, guitarrista do Aerosmith, também gravaram a versão do clássico de Bowie

Kory Grow / Rolling Stone EUA Publicado em 07/06/2019, às 15h31

None
Johnny Depp e Alice Cooper (Foto:Sipa/AP Images)

Johnny Depp e seus colegas da superbanda Hollywood Vampires, que também tem Alice Cooper e Joe Perry, guitarrista do Aerosmith, juntaram-se no último ano para gravar um cover de um dos maiores sucessos de David Bowie, “Heroes”. Gravaram no mesmo estúdio que Thin White Duke fez a canção há pouco mais de 40 anos.

Vídeos da sessão do Vampires, que aconteceu em 5 de junho de 2018 mostram Cooper entrando no estúdio enquanto Perry trabalha em um eBow para tentar conseguir um som parecido com o que Robert Fripp gravou para Bowie em 1977. A banda começa, e Depp canta a abertura icônica da música “I…” com seu cabelo puxado para trás e uma pena pendurada atrás. Você pode ver suor pingando de seu rosto antes de um corte mostrar uma apresentação ao vivo da banda, e gravações no ônibus de turnê. Cooper fica do lado de Depp no estúdio, e toca maracas no palco.

+++ David Bowie: Documentário mostra os primeiros anos do artista antes da fama

Embora a banda tenha começado fazendo covers em tributo aos “velhos e bêbados amigos” de Cooper, expandiram seu repertório com músicas originais em Rise; “Heroes” é um dos poucos covers do disco. Lançaram a música original “The Boogieman Surprise” no último mês, e “Who’s Laughing Now” em abril.

Bowie co-escreveu “Heroes” com Brian Eno e a gravou entre julho e agosto de 1977. De acordo com a lenda, as letras nasceram quando Bowie viu o produtor Tony Visconti e a cantora de backup Antonia Maaß se beijando escostados no Muro de Berlim; Bowie nunca revelou a identidade dos antes, disse Visconti, porque ele tinha um caso com a cantora. “Eu pensei, de todos os lugares para conhecer Berlim, porque escolher um banco debaixo de uma guarita no Muro?”, comentou Bowie.

Ouça o cover na voz de Johnny Depp:

 

+++ Rocketman, Bohemian Rhapsody e mais: as maiores cinebiografias de todos os tempos