Johnny Depp culpa Amber Heard pela demissão em Piratas do Caribe

Segundo os representantes legais do ator, ele foi destituído do papel quatro dias após as acusações da ex-esposa

Redação Publicado em 04/02/2020, às 16h21

None
Amber Heard e Johnny Depp (Foto: Jonathan Brady / PA Wire Press Association via AP)

Johnny Depp está acusando Amber Heard por ser a responsável pela demissão dele do papel de Jack Sparrow, protagonista de Piratas do Caribe, segundo uma publicação do The Blast

De acordo com a nota, o ator não interpretará mais o capitão e a Disney está cogitando investir em um reboot da franquia, após o astro ser acusado de agredir a ex-esposa.

+++ LEIA MAIS: Johnny Depp foi ameaçado de morte pelo pai de Amber Heard, segundo testemunha

O estúdio informou ao ator sobre a demissão quatro dias depois de Heard compartilhar ao Washington Post os casos de violência doméstica que tinha sofrido no antigo relacionamento, segundo os representantes legais de Depp. Na publicação, a atriz não menciona o nome do agressor, mas certamente não demorou para o astro de Piratas do Caribe ser o acusado. 

Após o ocorrido, o ator recorreu à justiça, processou Amber Heard, e cobrou US$ 50 milhões por difamação, porque as acusações foram negadas pelo Tribunal, testemunhas e gravações de oitenta e sete câmeras de segurança.

+++ LEIA MAIS: Abuso de álcool e drogas de Johnny Depp deve prejudicá-lo em batalha judicial

Nesta segunda, um novo áudio publicado pelo Daily Mail mostra Amber Heard admitindo ter "batido" em Johnny Depp enquanto eles eram casados, o que pode provocar uma reviravolta na batalha judicial entre o astro de Hollywood e a ex-esposa.


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL