Johnny Depp é acusado de escrever nome de Amber Heard com urina no tapete de casa

O casal está em disputa judicial há meses, e as acusações de violência não param

Redação Publicado em 16/07/2020, às 14h36

None
Amber Heard e Johnny Depp em Diário de um Jornalista Bêbado (Foto: Reprodução)

Amber Heard depôs contra Johnny Depp no tribunal nesta quarta, 15, no caso que envolve o casal e um processo contra o tabloide The Sun. Na nova declaração, a atriz acusou o ex-marido de urinar dentro de uma casa que alugaram em Queensland, Austrália, tentando escrever o nome dela.

Heard, de acordo com o jornal britânico, narrou que Depp precisou ser escoltado para fora do local, mas retornou porque precisava ir ao banheiro: “Voltou para dentro, e fez isso na frente de todos, rindo. Disse que tentava escrever meu nome nas paredes e tapetes, enquanto fazia xixi por toda a casa.”

+++ LEIA MAIS: Amber Heard expõe foto constrangedora de Johnny Depp; veja

Na última semana, Heard acusouDepp de decepar o próprio dedo e escrever em uma parede, com sangue, ameaças contra a ex-esposa. O ator nega: afirma ter perdido o dedo quando ela jogou uma garrafa na direção dele. Admite, porém, ter tido “um tipo de colapso nervoso” durante a briga.

A briga entre os dois começou quando, em 2018, Heard publicou um artigo no The Sun sobre sobreviver à violência doméstica. Depp abriu um processo contra o jornal, e o ex-casal tem brigado desde então, com diversas acusações de ambas as partes.

+++ LEIA MAIS: Animais Fantásticos é chamada de ‘franquia mais problemática do mundo’; entenda as polêmicas

Outras acusações envolvemHeard supostamente oferecendo maconha para a filha de 13 anos; Depp também teve uma conversa com amigo vazada, a qual continha a mensagem: “Vamos afogá-la antes de queimá-la!!! Vou f*der o cadáver queimado dela depois, para ter certeza que está morta.”

The Sun, palco principal da disputa judicial, acusaDepp de agredir Heard em, no mínimo, 14 ocasiões durante o tempo de casados. Os advogados do ator oscilam entre negar acusações e apontar supostas agressões da atriz.

+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE