Johnny Depp 'torturou' DiCaprio em set de filme de 1993 porque não gostava muito do colega adolescente

Os dois viveram irmãos no drama Gilbert Grape: Aprendiz de sonhador

Redação Publicado em 20/09/2020, às 16h00

None
Leonardo DiCaprio e Johnny Depp no set de Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador (Foto: Divulgação / Paramount)

Quando  Leonardo DiCaprio estrelou Gilbert Grape - Aprendiz de sonhador (1993), dava os primeiros passos em Hollywood. Seu colega de elenco Johnny Depp já era um pouco mais experiente, com Hora do Pesadelo e Edward Mãos de Tesourano currículo. Talvez por isso não tinha muita paciência com o novato.

Durante uma entrevista no 31st annual Santa Barbara International Film Festival, via CosmopolitanJohnny Depp relembrou que não foi muito difícil criar a tensão entre os personagens no filme - ele não gostava muito de DiCaprio.

+++ LEIA MAIS: DiCaprio critica Bolsonaro e ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles responde: 'Vai por dinheiro onde está a sua boca?'

“Foram dias muito difíceis para mim, naquele filme, por algum motivo. Não sei porque,” explicou Depp. “Eu torturava ele. De verdade.”

DiCaprio, que tinha 19 anos na época, agia como qualquer adolescente. Mas irritava Depp, que tinha 30: “Ele ficava o tempo todo falando de video games, sabe? Eu te disse que estava mal. ‘Não, não vou te dar um trago do meu cigarro enquanto você se esconde da mamãe de novo, Leo.’”

+++ LEIA MAIS: Amber Heard acha que foi ‘má fé’ de Johnny Depp pedir para adiar julgamento para poder filmar Animais Fantásticos

Mesmo assim, Depp admite que o trabalho de DiCaprio em interpretar um menino autista foi impecável: “Diria que a verdade absoluta é que respeito muito Leo. Ele trabalhou duro naquele filme e passou muito tempo pesquisando. Ele veio pro set e estava pronto para trabalhar e tudo estava tinindo.”


+++ JOÃO GORDO: 'O QUE ESTÁ ACONTECENDO HOJE NO BRASIL É COMPLETAMENTE SURREAL' | ROLLING STONE