Johnny Marr revela como criou a guitarra de ‘Heaven Knows I’m Miserable Now’, hino do The Smiths

Durante o quadro "Song Stories", da NME, o guitarrista explicou o processo criativo de uma das faixas da banda

Redação Publicado em 18/02/2020, às 10h45

None
Johnny Marr (Foto: Grant Pollard / Invision / AP)

Embora não seja o principal porta-voz dos Smiths, Johnny Marr conhece o caminho percorrido pela banda nos anos 1980.

Durante uma entrevista para a NME, o guitarrista contou a história por trás da icônica "Heaven Knows I’m Miserable Now", uma das faixas mais notáveis dos Smiths.

+++ LEIA MAIS: Turnê de Morrissey nos Estados Unidos encalha e ingressos podem ser comprados por 7 dólares

Como Marr explica no quadro "Song Stories", tudo comecou no dia 2 de janeiro de 1984, quando ele e os outros membros da banda estavam jantando com o chefe da Sire Records para, talvez, fechar um acordo.

Enquanto o empresário Seymour Stein apreciava Marr e companhia como lendas do rock and roll, ele mencionou que uma vez levou Brian Jones dos Rolling Stones para comprar uma guitarra em Nova York. "Então, eu vi a minha oportunidade ali", explicou Marr, "e eu disse: 'Bom, se você me levar para comprar uma guitarra em Nova York, assinaremos com a gravadora'."

"Em um momento de fraqueza, ele mordeu a isca e disse: 'Claro, eu arranjo uma guitarra para você'," continuou o músico. "Fiel à sua palavra, embora eu tivesse que esparar o dia interiro, nós fomos para a 48ts Street, em NY."

Mas, com as lojas fechando, o rapaz de Manchester estava nervoso: "Eu pensei, não vou perder a minha chance aqui."

Assim que Stein cumpriu sua palavra, Marr correu de volta para o hotel e, como uma criança no Natal, pegou o instrumento imediatamente. "A primeira coisa que toquei", diz Marr no vídeo, e começa a tocar os acordes icônicos da música: "E isso é literalmente o que aconteceu quando peguei o violão."

“Eu fiquei tipo, 'De onde diabos isso veio?', É melhor eu transformar em música” e, como de costume, ele fechou os olhos e viajou na critatividade, detalhando - com impressionante precisão - os momentos, o ambiente, os pensamentos. Isso contribuiu com a construção melódica.

+++ LEIA MAIS: Para Morrissey, manifestantes de esquerda em seu show foram "golpe" da imprensa

"A faixa 'Girl Afraid' não seria apenas o lado b de 'Heaven Knows I'm I'm Miserable Now', mas eu sempre as vi como um par, porque escrevi as duas no mesmo dia , explica Marr no vídeo.

Assim, ele desconstrói habilmente o riff e coloca o estilo rock and roll de "Girl Afraid" no estilo da nova guitarra, sem esforço.

Assista à entrevista abaixo:

 


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA