Jolie enfrenta problemas na Bósnia

Boatos sobre roteiro do filme United Love Story geraram protestos, encurtando o período de gravações no país

Sarajevo, BR Press Publicado em 18/11/2010, às 13h23

Angelina Jolie grava atualmente seu primeiro filme como diretora, United Love Story

Ver Galeria
(3 imagens)

(Sarajevo, BR Press) - As gravações do primeiro filme de Angelina Jolie como diretora, na Bósnia, começaram na última quarta, 17. Mas foram reduzidas de dez para quatro dias, por motivos relacionados ao cancelamento das licenças de filmagens, em outubro passado. As demais cenas serão gravadas na Hungria.

Na época, havia rumores de que o filme retrataria a história de um estuprador apaixonado por uma vítima, durante a Guerra da Bósnia (1992 - 1995). Fato negado pela atriz, mas que provocou a suspensão da licença de filmagens para averiguações no roteiro, após protestos.

"Quero reafirmar, novamente, minha profunda compaixão com a associação Mulheres Vítimas da Guerra e com as mulheres que sofreram grandes desgraças, e dizer que nunca banalizaremos o ocorrido", disse Angelina Jolie, em um comunicado. No documento, a atriz ainda afirma sua intenção de "contar a história, situada na Bósnia-Herzegovina, com dignidade e grande respeito pela população do país".

No longa, um homem sérvio se apaixona por uma mulçumana bósnia durante a guerra civil entre os dois países, que deixou cerca de 100 mil mortos.