Jonah Hill revela que aceitou pagamento mínimo para estar em O Lobo de Wall Street

“Eu venderia minha casa e daria todo meu dinheiro para trabalhar para Scorsese”, disse o ator

Redação Publicado em 22/01/2014, às 16h55 - Atualizado às 17h09

Jonah Hill
AP

Jonah Hill deu entrevista ao radialista Howard Stern nesta terça, 21, e revelou que recebeu o pagamento mínimo possível para estar em O Lobo de Wall Street. “Eles me deram a menor quantia possível. Esta era a oferta deles”, disse o ator.

O Lobo de Wall Street bate recorde de uso da palavra “fuck”.

O ator, portanto, recebeu US$ 60 mil para os sete meses de filmagens, que é o mínimo aceito pelo sindicato dos atores em Hollywood. Hill afirmou que mesmo assim assinou o mais rápido possível, “antes que eles mudassem de ideia”. “Eu venderia minha casa e daria todo meu dinheiro para trabalhar para Scorsese”, explicou. “Eu faria qualquer coisa no mundo. E faria de novo em um segundo.”

Oscar 2014: Trapaça e Gravidade lideram as indicações

O resultado, afinal, não poderia ser melhor. Pelo papel de Donnie Azoff, Hill foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, assim como seu colega de cena, Leonardo DiCaprio, foi indicado ao Oscar de Melhor Ator. A cerimônia de premiação acontece no dia 2 de março, enquanto O Lobo de Wall Street estreia nos cinemas nesta sexta, 24.