Josh Klinghoffer fala pela 1ª vez sobre demissão do Red Hot Chili Peppers: ‘Chocado, mas não surpreso’

O guitarrista falou sobre o momento em que soube da decisão, e contou a única coisa que conseguiu dizer na hora

Rolling Stone EUA Publicado em 24/01/2020, às 09h01

None
Josh Klinghoffer (Foto: Suhaimi Abdullah/Getty)

Na última quinta, 23, Josh Klinghoffer participou do podcast WTF, apresentado por Marc Maron, e falou pela primeira vez sobre ter sido repentinamente tirado do Red Hot Chili Peppers para que John Frusciante voltasse à banda.

Na conversa, Klinghoffer falou que a decisão do grupo o deixou "chocado, mas não surpreso", e que não existe qualquer rancor ou desentendimento entre ele e os antigos colegas de banda.

+++LEIA MAIS: Josh Klinghoffer ficou calado por 1 minuto ao descobrir que foi substituído por John Frusciante no Red Hot Chili Peppers

"O Lugar do John é claramente naquela banda. Então estou feliz por ele, estou feliz que eles estão juntos de novo", disse. "Se a volta do John tivesse acontecido há cinco anos, teria sido temporariamente difícil para mim conseguir pesar [meu trabalho com eles] em contraponto com o que eles [o RHCP e Frusciante] tiveram."

Mas como ele fez questão de afirmar, "depois de 10 anos, duas turnês e quase três álbuns escritos, estou muito orgulhoso do que fiz com eles. Sinto que realmente criamos algo."

Ele contou também que foi informado da mudança em uma reunião na casa do baixista Flea: "Eles falaram, 'Vamos direto ao ponto. Decidimos pedir ao John para voltar à banda'". 

+++LEIA MAIS: Assista ao último show do Red Hot Chili Peppers com Josh Klinghoffer [VÍDEO]

E apesar de demonstrar calma com a situação, e dizer que não estava surpreso, revelou que a única coisa que conseguiu pensar em dizer foi: "Queria ter feito com vocês, musical ou criativamente, que tivesse tornado isso uma impossibilidade absoluta". 

O anúncio da saída de um guitarrista para o retorno do outro foi feito em dezembro, e marcou a volta de Frusciante ao grupo depois de 10 anos, tempo em que Klinghoffer ficou responsável pela guitarra dos Chili Peppers.

Apesar da saída da banda, ele já tem planos para o futuro: abrir os shows da próxima turnê do Pearl Jam, com o projeto solo Pluralone.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL