Josh Klinghoffer não guarda rancor por expulsão do Red Hot Chili Peppers

A troca de guitarristas e a volta de John Frusciante foi anunciada em dezembro de 2019

Redação Publicado em 20/01/2020, às 16h50

None
Josh Klinghoffer (Foto: Nariman El-Mofty/AP)

Josh Klinghoffer explicou que não guarda rancor pela expulsão do Red Hot Chili Peppers, em uma entrevista à Ultimate Guitar, publicada no último sábado, 18. 

O guitarrista foi questionado se havia algum ressentimento entre ele e a banda: "Acho que não. Não de mim. Me pergunte isso depois."

+++LEIA MAIS: Josh Klinghoffer ficou calado por 1 minuto ao descobrir que foi substituído por John Frusciante no Red Hot Chili Peppers

Em dezembro, o Red Hot Chili Peppers anunciou a volta de John Frusciante após 10 anos afastado da banda. No domingo 12 de janeiro, um fã se encontrou com o baterista Chad Smith, na exposição The Art Of Chad Smith, e fez algumas perguntas a respeito da troca de guitarristas, segundo publicado pelo Red Hot Chili Peppers Brasil.

O baterista contou como Josh reagiu à troca e revelou que o ex-guitarrista "ficou calado por um minuto e depois disse que estava muito feliz por eles".

+++ LEIA MAIS: Drogas, brigas e genialidade: entenda a história de John Frusciante no Red Hot Chili Peppers

A reunião marca a terceira passagem de Frusciante pelo Red Hot Chili Peppers.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL