Jude Law deve interpretar um papa em série do diretor Paolo Sorrentino, diz site

Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2014 por A Grande Beleza assinará The Young Pope

Redação Publicado em 09/03/2015, às 11h29 - Atualizado em 12/03/2015, às 12h36

Sherlock Holmes
Foto: Reprodução

O site da revista Variety publicou neste domingo, 8, que o ator britânico Jude Law está em negociações avançadas para interpretar um papa em uma série do diretor italiano Paolo Sorrentino.

Jude Law pode interpretar vilão de filme sobre Rei Arthur.

Sorrentino, que ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2014 com A Grande Beleza, embarcará em breve no projeto de The Young Pope.

Paolo Sorrentino, vencedor do Oscar, dirige parte do filme Rio, Eu Te Amo; assista ao vídeo de bastidores.

Law seria o protagonista da trama, que contará a história do primeiro ítalo-americano a ser nomeado papa pela Igreja Católica. Ao contrário do atual pontífice, Francisco, este personagem adotaria uma linha bastante conservadora.

A produção da série não confirmou se o ator de Sherlock Holmes (foto) e O Grande Hotel Budapeste está mesmo prestes a abraçar o trabalho.

“Ninguém, nem mesmo no Vaticano, está preparado para o quão linha dura esse Papa norte-americano realmente é”, afirmou o roteirista Tony Grisoni (Neste Mundo) sobre o papel.

A estreia do diretor italiano neste ramo terá um vasto orçamento distribuído em oito episódios, passados em idioma inglês, com 50 minutos cada um. Os capítulos serão gravados no Vaticano e no Estados Unidos e idealizados para o mercado internacional.

“Será sobre sonhos, medos, conflitos, batalhas, a procura por significado e a necessidade de amor de um papa, retratados pelo prisma da visão única de Sorrentino, capaz de criar mundos que são ao mesmo tempo incríveis e mais reais que a própria realidade”, revelou a produção da série.

Sorrentino e os coautores Umberto Contarello (Aqui é Meu Lugar), Stefano Rulli (Nossa Vida) e Tony Grisoni escreveram recentemente os primeiros roteiros de The Young Pope.

Em maio deste ano, será lançado nos cinemas o novo longa-metragem do diretor, La Giovinezza, com Michael Caine, Rachel Weisz e Jane Fonda.