Julgamento de Conrad Murray é adiado

Morte de familiar de uma das testemunhas do caso paralisou o processo nesta segunda, 17, em Los Angeles

Matthew Perpetua Publicado em 17/10/2011, às 12h36 - Atualizado às 12h39

Conrad Murray
AP

O julgamento do doutor Conrad Murray, médico acusado pela morte de Michael Jackson, foi adiado nesta segunda, 17, devido à morte do familiar de uma das testemunhas para o processo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Doutor Steven Shafer estava programado para testemunhar nesta segunda, 17. Ele será a última testemunha que o caso deve ter antes de finalizar o caso. A porta-voz da Corte Superior de Los Angeles, Mary Hearn, contou aos repórteres que o juiz do processo irá se encontrar com os promotores e os advogados de defesa para determinar quando se retomará o julgamento.