Filho de John Lennon, Julian tirou tumor maligno e aguarda avaliação: 'Ainda estou tremendo'

Em um post nas redes sociais, o músico explicou o caso e o grau de emergência da situação

Redação Publicado em 05/02/2020, às 08h47

None
Julian Lennon (Foto: John Amis/Invision for Captain Planet Foundation/AP Images)

No último domingo, 2, Julian, filho de John Lennon, revelou com um texto no Facebook que, após uma visita despretensiosa ao dermatologista, descobriu um tumor maligno no couro cabeludo.

Mas ainda no mesmo post, o músico contou que imediatamente após o diagnóstico foi para a mesa de cirurgia para remover o câncer, e espera ter conseguido remover "tudo de cancerígeno, mas a verruga foi enviada novamente para uma análise mais aprofundada".

+++LEIA MAIS: Filho achava John Lennon 'hipócrita' por defender a paz, o amor e destruir a própria família

No relato, JulianLennon escreveu: "Alguns dias atrás, fui visitar minha dermatologista, aqui em LA, quando ela reparou em um caroço na minha cabeça, que era na verdade uma verruga e esteve ali, junto com uma marca de nascença, pelos últimos 57 anos. Mas dessa vez, a aparência estava diferente."

"Ela indicou com urgência que eu fizesse uma biópsia há 2 dias, e eu obedeci, para descobrir, 24 horas depois, que era malígno/cancerígeno. Ela recomendou que fosse removido imediatamente, e foi o que aconteceu hoje", explicou.

+++LEIA MAIS: Julian quase não recebeu herança de John Lennon, brigou na justiça e precisou comprar coisas do pai com o próprio dinheiro

Em seguida, ele aproveitou o momento para acrescentar uma mensagem de gratidão e de aviso:

"Não consigo descrever como me senti, de um momento de alegria para o medo de que eu poderia morrer a qualquer momento. Ainda estou tremendo por dentro, mas minha fé é forte. Não conto isso para conseguir simpatia, mas para dizer que se você ama essa vida e tudo que há nela, então reserve tempo para si mesmo, para fazer um check up com o seu médico e todos os exames de saúde possíveis." 

Veja aqui o post completo e original.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL