Justin Bieber é agredido em Manhattan

Irados, fãs responderam ao ataque fora da loja de departamentos Macy’s

Por Matthew Perpetua Publicado em 25/06/2011, às 13h23

Justin Bieber se assustou com a intervenção do segurança
AP

Um homem não identificado pulou uma barreira de contenção e derrubou Justin Bieber no chão do lado de fora da Macy's, loja de departamento localizada em Manhattan, Nova York, na sexta-feira, 24. De acordo com o site TMZ, o homem era um membro da equipe de segurança do cantor em roupas comuns, que pulou para protegê-lo quando a multidão que se aglomerava do lado de fora da loja fugiu ao controle.

O ídolo adolescente, que estava na loja promovendo sua nova fragrância, não se feriu, apesar de testemunhas afirmarem que ele parecia "muito agitado". Pouco após o incidente, Bieber atendeu a fãs dentro da loja. Essa não é a primeira vez que Bieber foi atacado em um evento público. Em maio, o cantor foi espremido pela plateia em um show em Sydney, Austrália.

Sem surpresa alguma, os numerosos fãs do cantor expressaram sua solidariedade e raiva sobre o ataque no Twitter. Alguns fãs, que identificaram o saltador como "Tom Peterson", foram especialmente sangrentos. "É melhor que Tom Peterson seja preso, não APENAS por atacar Justin, mas por suicídio, porque eu acho que ele sabe que os beliebers podem MATÁ-LO!", diz @gomez_fan_1. Outro fã com a alcunha @legitbBieberLove disse "Tom Peterson, eu estou prestes a matar você. Socar um menino de 17 anos no rosto? Vá cuidar da sua vida, filho da puta".