Kanye West diz que Deus queria que ele interrompesse discurso de Taylor Swift no VMA 2009: 'Não teria me colocado na primeira fila'

Os dois protagonizaram uma das maiores polêmicas da indústria da música

Redação Publicado em 02/09/2020, às 10h51

None
Kanye West e Taylor Swift no VMA 2009 (Foto: ASSOCIATED PRESS)

Já se passaram quase 11 anos que Kanye West interrompeu discurso de vitória da Taylor Swift no VMA 2009, um dos momentos mais polêmicos da indústria da música. Em recente entrevista ao canal de YouTube do Nick Cannon, o rapper disse que essa situação foi desejo de Deus. A informação é do POPline.

West foi para a conversa como pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos. "Se Deus não quisesse que eu corresse para o palco e dissesse que Beyoncé tinha o melhor vídeo, Ele não me teria colocado na primeira fila. Eu teria sentado nos fundos", explicou.

+++LEIA MAIS: Chorão ressurge em cenas inéditas no novo clipe de 'Confisco', do Charlie Brown Jr: 'Se é para quebrar a internet, vamos quebrar'

O cantor continuou: "Não teria sido a primeira premiação [que eu sentaria nos fundos]. E isso teria sido muito ridículo, essa ideia, porque eu nunca tinha ouvido falar dessa pessoa antes". Além disso, para ele, "'Single Ladies' é tipo um dos maiores vídeos de todos os tempos. E eu estava apenas tomando [conhaque] Hennesy, porque eu não queria ir para a premiação, porque era uma armação!".

Kanye West também afirma que a candidatura dele para a presidência dos Estados unidos ser um pedido de Deus. "Vamos ver se a nomeação é em 2020 ou em 2024, porque Deus nomeia o presidente. Se eu vencer em 2020, então será a nomeação de Deus", explicou o artista em entrevista à Forbes (via POPline). "Se eu vencer em 2024, então essa será a nomeação de Deus".


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO