Kanye West diz que já se sentiu tão odiado quanto Hitler

"Eu andava pelo hotel, pela rua e as pessoas me olhavam como se eu fosse uma porra de um louco", disse o rapper durante show no Big Chill Festival

Por Matthew Perpetua Publicado em 08/08/2011, às 18h30

Kanye West se comparou ao ditador Adolf Hitler, durante show na Inglaterra no último sábado, 6
AP

Em um discurso de autopiedade, Kanye West declarou, no meio de um show durante o Big Chill Festival, na Inglaterra, que ele já se sentiu tão odiado quanto Adolf Hitler. "Eu andava pelo hotel, pela rua e as pessoas me olhavam como se eu fosse uma porra de um louco, como se eu fosse Hitler", disse o rapper, emsua apresentação no último sábado, 6. "Um dia a luz irá brilhar e as pessoas entenderão tudo que fiz."

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

Dado o ego enorme, porém frágil de West, tal tipo de declaração não é exatamente uma surpresa. Mesmo assim, é divertido ver alguém tomar a Lei de Godwin para si mesmo. O ditado popular, que foi criado pelo pioneiro da internet Mike Godwin em 1990, diz que "à medida em que uma discussão online se prolonga, a probabilidade comparação envolvendo nazistas ou Hitler se aproxima de 100%".

West fechou o show do festival com um tributo a Amy Winehouse. Após tocar trechos de "Tears Dry on Their Own" e "Back to Black", da cantora, o rapper sugeriu que a sua morte aos 27 anos no mês passado foi resultado das pressões da fama.