Karatê Kid: Ralph Macchio revela como foi convencido a voltar como Daniel San em Cobra Kai, sucesso da Netflix

Em entrevista à Vanity Fair, o ator contou quais foram os motivos que o convenceram a retomar o icônico papel

Redação Publicado em 01/10/2020, às 10h02

None
Ralph Macchio como Daniel LaRusso em Cobra Kai (Foto: Reprodução)

Ralph Macchio, o Daniel San de Karatê Kid, revelou como foi convencido a retomar o icônico papel na série Cobra Kai, sucesso da Netflix. Em entrevista à Vanity Fair, o ator contou que houveram três grande motivos para participar da produção. 

"Cobra Kai chegou até mim por meio dos criadores, Jon [Hurwitz], Josh [Heald] e Hayden [Schlossberg]”, disse Macchio. “Eu ouvi que esses caras queriam se encontrar para um projeto de Karatê Kid. Eles são os três maiores fãs de Karatê Kid que você encontrará. Então, esse foi o número um.”

+++ LEIA MAIS: Cobra Kai: William Zabka teve medo que a série fosse cancelada após reviravolta da 2ª temporada

Em seguida, o astro explicou que foi conquistado quando soube que iriam se aprofundar nos personagens e criar uma narrativa que fugisse do maniqueísmo, uma luta simples do bem contra o mal. 

 “O número dois é que eles encontraram um ângulo no universo de perspectiva diferente e queriam mergulhar nas áreas cinzentas desses personagens. E é isso que o grande gancho foi para mim."

Macchiocontinuou: “Karatê Kid era muito preto e branco, bom sobre o mal, Daniel San bom, Johnny Lawrence mau, Miyagibom, Kreese mau. Em cada episódio Cobra Kai, sua fidelidade pode mudar para quem você torce e por quê ."

+++LEIA MAIS: Alguém percebeu que Will Smith "está" em Cobra Kai, série que volta ao universo de Karatê Kid da Netflix?

Por fim, o ator confessou que a série da Netflix é um fan service - termo para definir produções ou cenas específicas feitas exclusivamente para agradar os fãs, mas continua sendo uma história relevante, o que, segundo ele, é “espetacular”. 

"Mergulhar nessas áreas e sempre homenagear o filme, a nostalgia do que Karatê Kidse tornou na cultura pop e no cinema foi super importante, mas não menos importante do que tornar a história nova para esta geração. E foi isso que me convenceu de que poderíamos realizar a série", disse Macchio


+++ HOT E OREIA: 'VIRAMOS ADULTOS, MAS AINDA BUSCAMOS POR ESSA CRIANÇA DO COMEÇO'