Kate Perry revela depressão e uso de medicamentos: 'Eu escrevi Firework. Isso está errado'

Cantora concedeu entrevista à Apple

Redação Publicado em 21/08/2020, às 08h50

None
Katy Perry (Foto: Amy Harris / Invision / AP)

Em recente entrevista a Zane Lowe, radialista, para a Apple, Katy Perry revelou depressão e uso de medicamentos no passado, quando ela teve que tomar esses remédios para tratar a saúde mental, pela primeira vez na vida. Atualmente, a cantora está casada com Orlando Bloom e os dois esperam pelo primeiro filho. A informação é do TV e Famosos.

"Quanto mais você envelhece, mais a vida fica real e mais difícil é segurar a dor. Essa dor não te ajuda mais a criar músicas", afirmou Perry. "Ela está apenas atormentando a sua mente naquele momento, especialmente em seus 30 anos, quando a vida e as coisas começam a doer".

+++LEIA MAIS: Na cama com Lucifer: série da Netflix promove representatividade ou apagamento bissexual?

Ela continuou: "Seu corpo começa a não funcionar. Seu metabolismo fica ruim. Todas as coisas começam a mudar em seus 30 anos, mas muita clareza também vem com isso". Katy Perry falou que começou a ver mudanças com o lançamento do disco Witness, após transformar a dor em hits através dos anos.

"Eu pensei, 'Meu Deus. Eu dei tanto poder para validação, aceitação e amor, e agora não está voltando para mim'", revelou. "Eu costumava ser capaz de consertar minha depressão ou meus acessos de depressão apenas dizendo: 'Vou escrever uma música incrível' ou 'vou fazer alguma coisa'. Então isso não funcionou mais".

+++LEIA MAIS: Não é o fim do Batfleck: Ben Affleck voltará como Batman em The Flash; entenda

Em outro momento da entrevista, Perry relembrou o término com o namorado e falou sobre expectativas não serem cumpridas: "O mundo não queria mais saber de mim naquele momento". "Eles disseram, 'Isso é o suficiente. Muito obrigado. Você nos deu algo e estamos bem'", adicionou. "E eu simplesmente não conseguia sair da cama por semanas e fiquei clinicamente deprimida e tive que tomar medicamentos pela primeira vez na minha vida".

Ela diz ter ficado "com tanta vergonha disso" e "estava tipo: 'Eu sou Katy Perry. Eu escrevi 'Firework'. Estou tomando remédio. Isso está errado'".

+++LEIA MAIS: Game of Thrones: Maisie Williams compartilha opinião controversa sobre a última temporada

Felizmente, a cantora falou que toda essa fase ruim da vida foi superada e está em uma nova fase da vida, com o lançamento do álbum Smile neste mês: "Os últimos dois anos e meio têm sido uma jornada psicológica, espiritual e emocional de apenas puxar o veneno petrificado para fora do meu corpo e reconectar meus caminhos neurais e marcar aqueles pensamentos negativos".


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'