Katherine Jackson quer dividir guarda dos filhos de Michael Jackson

Mãe do Rei do Pop pretende compartilhar a responsabilidade sobre os netos com T.J. Jackson

Rolling Stone EUA Publicado em 02/08/2012, às 12h40 - Atualizado às 12h41

Katherine Jackson poderá seguir em frente com seu processo contra a AEG Live, mas deve apresentar provas nos próximos 20 dias
AP

Katherine Jackson, mãe de Michael Jackson, irá pedir na justiça para dividir a guarda dos três filhos do cantor, segundo o USA Today.

Na última semana, um juiz de Los Angeles tirou a custódia de Paris, Prince e Blanket Jackson da matriarca, depois de um período tumultuoso que envolveu boatos de que ela teria desaparecido (ela estava na verdade descansando com a família em um spa no Arizona). No lugar dela, a justiça nomeou T.J. Jackson, filho de Tito, irmão de Michael, como responsável pela guarda temporária dos três.

A proposta da guarda compartilhada feita pelo advogado de Katherine, Perry Sanders Jr., visa tirar um pouco da responsabilidade da avó dos garotos, que está hoje com 82 anos. Sanders disse que dessa forma ela poderia dar atenção à educação e ao crescimento deles, sem ter de lidar com questões financeiras ou logísticas. T.J. Jackson seria responsável pelos empregados que trabalham na casa que Katherine divide com os netos, além de organizar o dia-a-dia do lar.

Os papéis devem ser entregues ao juiz Michael Beckloff, que provavelmente deve solicitar uma audiência sobre o caso. Foi ele que suspendeu a guarda de Katherine, destacando que embora ela não tenha feito nada de errado, outras pessoas (no caso, outros filhos dela) a tornaram inapta. Pelos dez dias que passou no Arizona, ela permaneceu sem contato com Paris, Prince e Blanket.

Depois da decisão do juiz, Katherine se pronunciou na TV norte-americana: “Minha guarda foi tirada de mim, mas conversei com meu neto T.J., além de Prince e Paris na noite passada, e disse a eles que voltaria para casa hoje”, disse Katherine. “Eles estão esperando pela minha volta.”