Site compara música de Katy Perry acusada de plágio com a "original"

Processo afirma que cantora fez “bruxaria, paganismo e magia negra”

Redação Publicado em 04/07/2014, às 10h33 - Atualizado às 21h21

.
Reprodução

A popstar Katy Perry está sendo acusada de plágio com a música “Dark Horse”, lançada no álbum Prism, de 2013. De acordo com o The New York Times, o rapper cristão Flame alega que Katy e a gravadora dela, a Capitol Records, usaram a música “Joyful Noise”, de 2008, sem autorização.

Katy Perry se oferece para fazer música tema da campanha de Hillary Clinton

O site Rapzilla juntou as duas faixas envolvidas na questão, modificando os tempos e fazendo uma comparação. Ouça abaixo:

Flame, cujo nome é Marcus Tyrone Gray, abriu o processo contra a artista no Tribunal Federal de Saint Louis, nos Estados Unidos, na última terça-feira, 1 º.

Katy Perry lança gravadora própria e contrata cantor pop Ferras.

“A mensagem religiosa de ‘Joyful Noise’ foi irreparavelmente manchada por essa associação com bruxaria, paganismo, magia negra e a estética Illuminati evocada pela música em ‘Dark Horse’”, diz o processo, que faz uma crítica religiosa ao trabalho da cantora, afirmando também que a repercussão da canção ofendeu os muçulmanos.