Katy Perry é acusada de provocar governo da China durante show em Taiwan

Vestido estampado de girassóis usado pela cantora durante show seria uma referência a movimento estudantil do país

Rolling Stone EUA Publicado em 30/04/2015, às 17h46 - Atualizado às 19h46

Katy Perry
Reprodução

Katy Perry pode enfrentar problemas com o governo chinês daqui em diante. Um vestido e uma homenagem a Taiwan, país que tem problemas diplomáticos com a China, teriam sido interpretados como uma provocação.

Veja as datas de vendas de ingressos para shows de Rod Stewart, Queen, System of a Down e Katy Perry.

O traje em questão, usado durante show em Taipei, nesta semana, era enfeitado com girassóis, justamente a flor que dá nome ao movimento estudantil (Movimento Girassol) que tomou as ruas de Taiwan, em 2014. As manifestações tinham como objetivo barrar um manobra por mais controle político e econômico da ilha por parte dos chineses.

Rock in Rio 2015: ingressos para todas as datas do festival estão esgotados.

Em tempo: capitalista, Taiwan foi, a partir de 1950, o local de abrigo dos derrotados na guerra civil nacional, vencida pelos comunistas. Até hoje, a pequena nação se considera a verdadeira China.

Perry, que também causou polêmica por jogar uma bandeira de Taiwan sobre os ombros durante a apresentação, não se pronunciou a respeito da controvérsia. Fotos dela durante o espetáculo foram excluídas mídias sociais chinesas.

Vocalista do System of a Down lança clipe fúnebre em lembrança ao genocídio armênio.

A estrela pop pode sair do episódio com o enorme mercado no gigante asiático ameaçado. Segundo a agência Reuters, o governo comunista passou a banir, desde 2008, artistas considerados como “ameaças à soberania nacional”.

Ela já havia vestido o traje florido anteriormente durante a Prismatic World Tour, inclusive na própria China, e voltará ao país para cantar na região autônoma de Macau, em 1° e 2 de maio.

Katy Perry virá ao Brasil no segundo semestre para se apresentar em São Paulo, em 25 de setembro; no Rock in Rio, Rio de Janeiro, dia 27; e em Curitiba, dia 29 do mesmo mês.