Katy Perry é criticada por ONG por uso de animais em clipe de “Roar”

Cantora lançou o vídeo da primeira música de trabalho do novo disco no início de setembro

Redação Publicado em 16/09/2013, às 09h07 - Atualizado às 09h11

Katy Perry - Roar
Reprodução / Vídeo

A ONG Peta não gostou de ver animais selvagens em “Roar”, novo vídeo de Katy Perry. Em entrevista ao The Daily Star, a porta-voz da organização criticou o uso dos bichos no vídeo lançado no início de setembro.

Katy Perry não foi a primeira – veja dez clipes que se passam na floresta.

“Animais usados para o entretenimento passam por crueldades terríveis e sofrem com o confinamento extremo e métodos de treinamento violentos”, disse Merrilee Burke. “Normalmente, quando eles [animais] são transportados e forçados a situações que lhes é estranha, tornam-se estressados e ansiosos.”

Entrevista: por dentro do mundo colorido de algodão-doce de Katy Perry, a irrefreável princesa do pop.

Ela ainda afirma que o The Serengeti Ranch, que teria cedido os animais para o clipe de “Roar”, foi investigado 22 vezes pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos desde 2001.

Dez clipes para você esquecer que é inverno, incluindo Katy Perry.

“Roar” é a primeira faixa mostrada do futuro disco de Katy Perry, Prism. O sucessor de Teenage Dream será lançado no dia 22 de outubro.

Assista ao clipe no player abaixo: