Keanu Reeves sendo Keanu Reeves: thread revela fofura com jovem de 16 anos

História sobre autógrafo do ator viralizou no Twitter

Redação Publicado em 19/05/2020, às 11h56

None
Keanu Reeves em ação em John Wick 3: Parabellum (Foto: Divulgação)

No último domingo, 17, James Dator, usuário do Twitter, decidiu contar uma história que aconteceu em 2001, quando ele tinha 16 anos. Tudo aconteceu quando Dator trabalhava em um cinema de Sydney, Austrália, e Keanu Reeves apareceu no lugar. Hoje em dia, ele escreve no site SBNation.

James Dator contou a história em uma thread de oito tuítes. Veja abaixo.

+++LEIA MAIS: A rápida, dolorosa e reflexiva vida de Ian Curtis, do Joy Division - 40 anos após o suicídio

"Em honra a John Wick 3, eu tenho uma história com Keanu Reeves".

"Keanu veio ao cinema em que trabalhei em Sydney, em 2001. Ele estava trabalhando nos filmes de Matrix na época. Era uma manhã quieta de quarta-feira - quase ninguém está vendo filmes".

"Estou trabalhando nas bilheterias, entediado pra caramba e, de repente, esse cara aparece de jeans, jaqueta de couro e capacete de hipismo. Um capacete totalmento estranho. Demoro 30 segundos para ignorar o capacete e perceber que é Keanu Reeves".

+++LEIA MAIS: Tudo sobre o assassinato de John Lennon: balas de ponta oca, foto icônica e mais

"Ele quer comprar um ingresso para Do Inferno, com Johnny Depp. Estou tão vislumbrado que eu faço o que qualquer criança sensata de 16 anos faz e digo a ele que gostaria de dar a ele meu desconto de funcionário. Isso significa que ele precisa assinar minha folha e, portanto, eu tenho o autógrafo dele".

"'Eu não trabalho aqui', disse Keanu. Aparentemente confuso com a minha oferta. Fico frustrado e cobro o preço normal. Me chutando depois por não ter conseguido seu autógrafo".

+++LEIA MAIS: Ex-jogador da NBA Dennis Rodman deu uma canseira para participar de Last Dance sobre Michael Jordan: ‘Te dou 10 minutos’

"Dois minutos depois, ouço uma batida na porta atrás de mim que leva para a bilheteria. Eu acho que era o gerente. Era Keanu".

"'Eu imaginei que você só queria meu autógrafo', ele disse. 'Então eu assinei isso'. Ele me passa o recibo da lanchonete assinado na parte de trás. Ele casualmente joga uma casquinha do sorvete no lixo e vai ver o filme dele".

"Eu percebi depois que ele comprou uma casquinha do sorvete que ele não queria, só para pegar o papel do recibo para ele escrever o autógrafo dele para um idiota de 16 anos".


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE