Keith Richards estreia na literatura infantil com o livro Gus e Eu

Obra relata a relação musical do guitarrista dos Rolling Stones com o avô dele

Redação Publicado em 19/07/2015, às 10h48

Keith Richards
Jon Furniss/AP

Nem só de loucuras se constrói a trajetória de um Keith Richards. Famoso pela maestria musical e pelo estilo de vida um tanto quanto irresponsável (detalhadamente descrito na biografia dele, Vida, de 2010), o guitarrista dos Rolling Stones tem uma bela história de família para contar no seu primeiro livro infantil.

Keith Richards anuncia Crosseyed Heart, primeiro álbum solo em 23 anos.

Gus e Eu – A História do Meu Avô e do Meu Primeiro Violão é um relato do relacionamento carinhoso entre Richards e Theodore Augustus Dupree, ou Gus, o avô que transmitiu ao astro do rock o gosto pela música.

Ouça "Trouble", primeiro single do álbum solo de Keith Richards.

Gus tocava vários instrumentos, foi líder de uma banda de baile na Inglaterra e tornou-se a primeira grande influência na vida do renomado artista. Além do interesse musical, os dois compartilhavam longas caminhadas por Londres após a Segunda Guerra Mundial.

Rolling Stones em dez videoclipes.

Richards fecha o ciclo familiar convidando a filha Theodora, que é artista plástica e batizada em homenagem ao querido avô dele, para ilustrar o livro. Ela viajou até a cidade natal da família (Dartford, a leste de Londres) para consultar fotografias históricas dos ancestrais, sendo que algumas delas compõem a obra.

Em entrevista à Rolling Stone EUA, em março de 2014, Keith Richards, hoje com 71 anos e cinco filhos, revelou que o nascimento de seu quinto neto o inspirou a criar Gus e Eu. “Aquele laço especial entre crianças e avós/avôs é único e deveria ser valorizado. Essa é a história de um desses momentos mágicos. Que eu seja um avô tão bom quanto Gus foi para mim”. O livro de Richards chega ao Brasil pela Editora Globo.