Keith Richards teria sido orientado a atenuar trechos de sua autobiografia

Empresário dos Rolling Stones teria ficado preocupado com passagens reveladoras a respeito de Mick Jagger

Da redação Publicado em 05/07/2010, às 16h24

Keith Richards lança Life, sua autobiografia, em outubro deste ano
AP

A autobiografia de Keith Richards deverá dar o que falar. De acordo com nota publicada pelo tabloide britânico Daily Mail, o guitarrista dos Rolling Stones teria sido recomendado a suavizar alguns fatos na obra.

No livro, que será lançado em outubro com o título de Life, Keith relembra sua trajetória como artista. Porém, o material também trará algumas revelações referentes à vida de seu companheiro de banda, Mick Jagger - como a relação dele com as drogas e a respeito dos casos extraconjugais que o vocalista manteve durante alguns períodos de sua vida.

Como forma de evitar possíveis conflitos entre os integrantes dos Stones, amigos há mais de 50 anos, o empresário da banda recomendou que Richards fosse mais moderado em algumas passagens. O Daily Mail diz ainda que Jagger considerou escrever sua autobiografia há três anos, mas acabou desistindo da ideia.

Uma fonte não identificada pela publicação afirma que "o lançamento do livro será explosivo". "Keith disse que achou difícil lembrar das coisas quando ele sentou pela primeira vez para escrever", revela. "Mas sua memória ainda está muito boa." Life sairá pela editora Little Brown and Co. (mesma que lançou a saga Crepúsculo), que fechou contrato com o guitarrista por mais de US$ 7 milhões.