Kevin Feige revela que Harry Potter foi inspiração para criar MCU

O presidente da Marvel explicou qual estratégia da narrativa de Harry Potter foi extremamente importante para a franquia ter sucesso com público

Redação Publicado em 07/01/2020, às 14h00

None
Vingadores: Ultimato. (Foto: Reprodução)

Kevin Feige revelou que a franquia de Harry Potter foi uma das principais inspirações para criar o MCU. Em entrevista à New York Film Academy, o presidente da Marvel Studios contou que usou a mesma estratégia da saga cinematográfica para conquistar os espectadores.

Feige disse que nunca leu os livros de Harry Potter, mas que nunca precisou lê-los para entender os filmes. Para ele, esse é o segredo do sucesso da franquia com o público e foi exatamente isso que ele tentou fazer com os filmes da Marvel.

+++ LEIA MAIS: Dublês, furos de roteiro e mais: 9 erros cometidos pela Marvel que você provavelmente não percebeu [LISTA]

"Sempre adorei a minha experiência assistindo filmes de Harry Potter. Eu fui ver todos os filmes de Harry Potter na estreia. Eu assistia, gostava e então esquecia tudo e não pensava mais nisso até o próximo filme", disse Feige.

Ele completou: "E esses filmes foram tão bem feitos porque eu conseguia acompanhar tudo. [...] Agora, se eu tivesse assistido cada filme dez vezes e lido cada livro, eu aposto que tem uma dúzia de coisas neles que eu veria e apreciaria, mas elas nunca me impediram de experienciar eles como uma história pura".

+++ LEIA MAIS: Kevin Feige revela que Fase 4 do MCU terá primeira personagem transgênero da Marvel

Feige ainda disse que os criadores frequentemente se colocavam no lugar do espectador e se perguntavam se existia alguma referência que não pudesse ser compreendida sem o um conhecimento prévio sobre o universo dos super-heróis.

"Então é nisso que tentamos seguir: se um easter egg ou uma referência, ou algo é tão predominante que atrapalha a história que você está contando, para que as pessoas que não estão cientes disso digam 'O que é isso? O que está acontecendo?'. Neste caso, geralmente recuamos", disse o produtor.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'