Kevin Hart pode ser processado pelo acidente de carro que o deixou hospitalizado

O carro de colecionador do comediante não possuía equipamentos de segurança

Redação Publicado em 26/09/2019, às 10h31

None
Kevin Hart (foto: reprodução IMDb)

O comediante e ator Kevin Hart passa bem e irá se recuperar completamente do acidente de carro que sofreu em Hollywood, porém as consequências judiciais do ocorrido ainda podem atingi-lo. Hart pode ser processado pelas outras duas pessoas que estavam no veículo no momento da batida.

JaredBlack, o amigo de Hart que dirigia o Plymouth Barracuda 1970 do astro na hora do acidente, e a passageira do banco de trás, Rebecca Broxterman, contrataram advogados. As acusações sobre o ator de 40 anos são as de que o carro não tinha airbags nem cintos de segurança, o que aumentou a gravidade dos ferimentos.

+++Leia mais: Lil Nas X precisou explicar para Kevin Hart o que é homofobia; assista

Segundo os advogados de Black e Broxterman, Kevin Hart deveria ter assegurado que o carro personalizado possuía medidas de segurança suficientes, e a falta delas indica negligência do astro.

Outro agravante na questão envolve a empresa que produziu o automóvel, que deveria ter introduzido as medidas de segurança mesmo que Hart não fizesse o pedido, já que o carro tinha um motor de 720 cavalos, potente demais para não possuir cintos e airbags.

Como consequência, as autoridades de policiamento da Califórnia indicam que querem instituir uma proibição para que não sejam fabricados carros customizados sem cintos de segurança no futuro.

Kevin Hart também contratou advogados e o amigo Jared Black também pode ser processado, caso as autoridades apurem que ele estava dirigindo perigosamente.