Kings of Leon começa pré-produção do sétimo disco da carreira

“A prioridade no calendário de 2016 é finalizar o álbum”, disse o baterista Nathan Followill sobre o sucessor de Mechanical Bull

Rolling Stone EUA Publicado em 31/12/2015, às 15h20 - Atualizado às 15h31

A banda norte-americana Kings of Leon

Ver Galeria
(2 imagens)

O Kings of Leon começou a pré-produção do sétimo álbum de estúdio da carreira – o primeiro desde Mechanical Bull (2013). “A prioridade no calendário de 2016 é finalizar o disco”, disse o baterista Nathan Followill à Associated Press em entrevista. “E então a máquina de prensagem será ligada para prensar o álbum.”

Galeria: 12 brigas históricas do rock and roll.

O guitarrista e vocalista Caleb Followill reforçou o entusiasmo da banda, acrescentando: “Estamos todos bem... e animados em fazer algo novo”. O quarteto está planejando gravar em Los Angeles – em vez de Nashville, cidade que é base do grupo há 15 anos – em uma tentativa de “ter uma pequena mudança de cenário.”

“Nossos dois primeiros álbuns foram gravados em L.A., então vamos tentar voltar e ver se isso nos inspira”, disse Caleb. “Se não influenciar, sempre teremos nosso estúdio em casa, então sempre podemos voltar.”

Edição 86 – Irmãos Remendados: o Kings of Leon já foi a maior banda do mundo – até tudo desabar. Será que os novos azarões do rock vão conseguir recuperar o posto?

Em junho, os irmãos disseram ao Alt Nation (da rádio norte-americana Sirius XM) que o objetivo deles era “ter o álbum composto até o fim do ano”. Eles também mencionaram possíveis locais de gravação, incluindo uma locação interessante próxima ao estúdio caseiro deles em Nashville.

“Foi construído em 1841 e o cara que morava lá foi, na verdade, o engenheiro de Dolly Parton”, disse Nathan. “É um lugar muito maluco e acho que podemos fazer algo bacana com isso. E, sabe, se formos lá e soar como merda, é só atravessar a rua.”