Pulse

Krist Novoselic revela o que diria a Kurt Cobain se tivesse a chance

Ex-baixista do Nirvana também relembrou como a banda costumava criar canções

Redação Publicado em 14/06/2019, às 20h10

None
Nirvana (Foto: Mark Seliger para Rolling Stone EUA)

Krist Novoselic, o ex-baixista do Nirvana, conversou com alguns fãs em uma sessão de perguntas e respostas no Reddit. A maior parte das perguntas foi sobre o tempo em que o músico tocava ao lado de Kurt Cobain e Dave Grohl.

Uma das questões foi o que Novoselic diria a Cobain se soubesse que ele está ouvindo. “Diria que o amava demais, e sinto falta dele. Também perguntaria por que ele escolheu se matar.Ele tinha muito o que viver”, respondeu. Na resposta, também falou sobre algumas teorias que dizem que a morte de Kurt foi, na verdade, assassinado.

“Não posso acreditar, especialmente pela internet, que as pessoas pensem que tudo faz parte de uma conspiração criminosa de que Kurt foi assassinado. Peço àqueles que pensam ter alguma evidência real de crime que mostrem as provas para a polícia. Uma das razões pelas quais estou convencido de que Kurt se matou: ele tinha comprado uma espingarda alguns dias antes. Kurt não estava interessado em caçar pássaros ou esquilos, ele comprou essa arma de fogo como um dispositivo suicida, pois o suicídio não é uma decisão racional”, escreveu Novoselic.

Ele também contou um pouco sobre o processo de criação musical do Nirnava. “Kurt esperava até a última hora para fazer as letras. Nós ensaiávamos por algumas horas, e se houvesse um show chegando, nos empenhávamos um pouco mais. Muitas vezes, criávamos canções ao invés de ensaiar as que já tínhamos”, contou.

“Músicas como "Oh The Guilt" [gravada em1992, não foi lançada em nenhum disco do Nirvana] e "Curmudgeon" [criada para Nevermindmas descartada] eram basicamente improvisações. Tivemos sorte em termos sido apanhados pelo mainstream, ou certamente estaríamos perdidos na história do rock.”

+++ MINHA PLAYLIST: Rael está "envolvidão" por Bob Marley e Caetano Veloso