La Casa de Papel: criador revela que foi ‘obrigado’ a cortar Berlim da série

Personagem teve destino fatal na segunda parte do seriado

Redação Publicado em 22/04/2020, às 08h39

None
Berlim em La Casa de Papel (Foto: Reprodução/Netflix)

La Casa de Papel, da Netflix, deu vida a diversos personagens, um deles foi Berlim (Pedro Alonso), muito querido por muitos fãs da série. No entanto, ele morreu na segunda parte do seriado e o criador do programa, Alex Pina, diz que foi "obrigado" a tirar o personagem da trama.

O executivo revelou a informação no documentário sobre La Casa de Papel na Netflix, ele disse: "Esse personagem não se encaixa nos nossos tempos. Você deve removê-lo da série". Pina foi contra a decisão.

+++LEIA MAIS: A história do verdadeiro Corcunda de Notre Dame, muito além da Disney

Ainda de acordo com Alex Pina, Berlim era como um mal necessário. "Ele é misógino, narcisista e psicopata de muitas maneiras diferentes. Mas podemos ter esse personagem na série e o público decidirá livremente, certo? Se a televisão é suave, é chata, porque menos coisas acontecem. O público quer que as coisas aconteçam, e não há nada melhor do que um vilão com quem você pode simpatizar", disse.

A quarta parte de La Casa de Papel no dia 3 de abril deste ano e foi um sucesso. Mesmo com toda audiênica, o quinto ano da série ainda não foi confirmado pela Netflix.


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA