Laboratório Fantasma entra em nova fase com mais três artistas

Mão de Oito, Rael da Rima e Ogi foram oficialmente apresentados como integrantes da equipe liderada por Emicida

Redação Publicado em 23/08/2012, às 12h13 - Atualizado às 15h50

Divulgação

Mesmo que seu nome seja visto cada vez mais frequentemente no mundo da música, nunca ficou claro qual é realmente a função do Laboratório Fantasma. Por isso Emicida e seu irmão, Evandro Fióti, organizaram uma coletiva de imprensa na última quarta, 23, para tentar deixar claro definitivamente qual o significado da empresa e anunciar novidades e planos futuros.

Perfil: nas ruas e nos palcos da vida, Leandro Roque de Oliveira é Emicida, o rapper do bem a serviço das causas heróicas.

“Hoje a Laboratório Fantasma é uma mistura de selo, produtora e loja virtual”, explicou o rapper, que nos últimos cinco anos trabalhou para a consolidação da marca que nasceu como Na Humilde Crew, na época do lançamento do single “Triunfo”. E é vendendo produtos relacionados às músicas não só de Emicida como dos outros artistas do selo que a empresa consegue atualmente sua principal fonte de renda. São camisetas, bonés e outros acessórios, além de CDs, que já são comumente vistos em shows de rap, principalmente em São Paulo.

Além de Emicida, fundador, dono e principal estrela da empresa, foram fechados acordos com a banda Mão de Oito, que está lançando seu primeiro álbum, Um Dia Que Já Vem, o cantor Rael da Rima, que prepara seu segundo disco para outubro deste ano, e o rapper Ogi, que lançará novo trabalho no ano que vem.

“Por enquanto são esses os nomes que vamos trabalhar e não queremos assinar com mais ninguém agora”, explicou o agora empresário Emicida, que diz não querer “dar um passo maior que a perna”. Além de gerenciar o Laboratório Fantasma, o rapper anunciou também que lançará seu primeiro álbum solo no ano que vem e tenta aliar a função de empresário com a de artista. “Eu vendia cachorro quente na rua e ia para casa depois fazer rap”, lembrou.

Outra área na qual a Laboratório Fantasma começou a atuar é como produtora de eventos. Alguns shows, principalmente dos artistas vinculados à marca, “mas não necessariamente”, lembra Fióti, estão sendo preparados, como o lançamento do álbum do Mão de Oito no SESC Pompeia, dia 4 de setembro, ou a apresentação em conjunto de Emicida com Criolo, no palco do Espaço das Américas, dia 8 de setembro.