Lady Diana em The Crown: os 6 fatos mais tristes sobre a Princesa de Gales

A personagem vivida por Emma Corrin na quarta temporada da série é uma das figuras mais emblemáticas da família real britânica

Redação Publicado em 12/12/2020, às 15h00

None
Emma Corrin vive Lady Diana em The Crown (Foto: Des Willie / Netflix / Divulgação)

A quarta temporada de The Crown mergulhou a fundo na era de 1977 a 1990, retratando a ascensão de Margaret Thatcher, a morte de Louis Mountbatten e o apartheid da África do Sul.

+++LEIA MAIS: 4 séries com dramas surpreendentes para assistir na Netflix

No entanto, um dos principais arcos da quarta temporada foi o romance entre o Príncipe Charles e a Princesa Diana, um dos casais reais mais populares da história britânica.

Não à toa, os fãs mal podiam esperar para ver a opinião de Peter Morgan, o criador da série, sobre esse relacionamento. E, como esperado, os conflitos da Lady Diana durante o período foi incrivelmente emocional.

+++ LEIA MAIS: Megxit: 8 séries de TV e filmes para entender a família real britânica

Confira, abaixo, os 6 fatos mais tristes sobre a Princesa de Gales (via Screen Rant):

6. O marido estava tendo um caso

Ao longo da série, o coração do Príncipe Charles sempre pertenceu a Camilla Parker Bowles. Os dois se conheciam há anos e estavam muito apaixonados, mas foram separados pela Família Real.

A Rainha Elizabeth não achou Camilla adequada para a Coroa e encorajou Charles a encontrar outra pessoa. Foi aí que Diana entrou. Infelizmente, isso não bloqueou os sentimentos de Charles por Camilla, e os dois continuaram se encontrando durante o casamento.

+++LEIA MAIS: Amou Stranger Things? Conheça The Society, série de mistério adolescente sobre 'universo paralelo'


5. Transtorno alimentar

A princípio, Lady Diana acreditava que viveria um grande romance ao lado do Príncipe Charles. Em vez disso, ela ganhou muita solidão.

Eram apenas ela, sua professora de etiqueta e as dúvidas que a rodeavam. As únicas coisas que Diana realmente pôde controlar na vida foram sua aparência e o que ela comia. Ela começou a comer até ficar enjoada e vomitar, desenvolvendo uma bulimia nervosa.


4. Gerra com os paparazzi

Quando Diana se casou com o Príncipe Charles, os paparazzi a perseguiam cada vez mais à medida que sua popularidade crescia. Todos queriam conhecer a “Princesa do Povo”, saber o que ela estava vestindo, que música estava ouvindo, como estava seu casamento…

Eles a seguiam até o carro e invadiam seu espaço pessoal e ela realmente se sentia presa.

+++ LEIA MAIS: Nova temporada de The Crown custou quase o mesmo de Homem-Aranha: Longe de Casa


3. Afastada da sociedade

Diana passou de uma jovem divertida a uma prisioneira real. Ela morava em Londres com três amigas, com os quais se divertia muito pela cidade. Estava claro que eles eram muito importantes para ela.

No entanto, ao se mudar para a residência real, Diana foi afastada de sua vida antiga e nunca mais foi vista com as amigas, e sua irmã nunca a visitou. Ela estava completamente sozinha.


2. A Família Real não simpatizava com ela

Diana foi submetida a uma série de testes com a Família Real para saber se ela era “durona” o suficiente para pertencer à realeza. Ela passou nos testes com louvor, chegando a perseguir veados com o Príncipe Filipe como uma forma de se conhecerem melhor. 

Diana fez sucesso entre todos.

Infelizmente, assim que ela e o Príncipe Charles se casaram, Diana percebeu que o marido não a amava e sua nova família não se importava com sua felicidade. Tudo se resumia ao seu dever para com o país - e seus sogros não demonstravam um pingo de simpatia e ela.

+++LEIA MAIS: Sex Education: Gillian Anderson, atriz de Dra. Jean Milburn, jogou roteiro da série no lixo quando leu 1ª vez


1. Forçada a se mudar para o interior do país

Como se a gravidez solitária de Diana não fosse difícil o suficiente, o Príncipe Charles a levou para o interior do país, onde construiu uma casa bem perto da casa de Camilla.

Ao contar à rainha sobre seus planos, ela logo percebeu que ele estava pensando em sua própria felicidade, e não nos desejos e necessidades de sua esposa, grávida e doente. A Princesa Diana se sentia como uma prisioneira no campo, já que seu marido escapava quase todos os dias para ficar com amante.


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes!


+++ TICO SANTA CRUZ: 'A GENTE QUERIA PROVOCAR OS CONSERVADORES' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL