Lady Gaga recebe prêmio pela paz das mãos de Yoko Ono

“Podemos ser corajosos o bastante para brigar pela paz sem briga alguma?”, disse a cantora; ouça o discurso aqui

Rolling Stone EUA Publicado em 10/10/2012, às 18h22 - Atualizado às 19h37

Lady Gaga
AP

Na noite desta terça, Lady Gaga foi premiada pela fundação LennonOno em Reykjavik, na Islândia. A cantora recebeu a honraria "Grant for Peace" pelo seu ativismo social das mãos da própria Yoko Ono, com a qual trocou um abraço antes de fazer agradecimentos.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Diante do microfone, Gaga soube aproveitar bem o tempo para fazer seu discurso: “Eu tive a sorte de aprender desde pequena que os seus vizinhos podem realmente mudar a sua vida, assim como você mudou a minha”, disse Gaga a Yoko Ono. “Mas cinco anos depois de me tornar uma artista pop, jovem ativista e uma cigana viajante – já que não tenho casa –, eu aprendi que o universo é tão vasto e enorme que, na verdade, todos somos vizinhos neste planeta. A Terra é muito menor e muito mais vulnerável do que a gente pensa”.

Ela continuou: “Então, mundo, espalhe a compaixão. Podemos colocar a compaixão acima de todas as coisas? Podemos ser corajosos o bastante para brigar por paz sem briga alguma?”

Na mesma noite, Rachel Corrie, John Perkins, Christopher Hitchens e a banda punk russa Pussy Riot também foram contemplados com o prêmio da fundação LennonOno.

Ouça o discurso na íntegra: