Larissa Conforto se despede da Ventre, da bateria e do Brasil para ganhar o mundo

Depois de trabalhar com Gilberto Gil e Chico Buarque, artista se entrega aos sons sintéticos e eletrônicos no projeto ÀIYÉ ao recriar a música "Mulher"; assista

Pedro Antunes Publicado em 05/06/2019, às 12h15

None
Larissa Conforto (Foto: Reprodução / YouTube)

São tempos de despedida.

Larissa Conforto deixou a Ventre, trio que tinha ao lado de Gabriel Ventura (guitarra e voz) e Hugo Noguchi (baixo), e caminhava a passos rápidos para um bom lugar ao sol na preferência de quem gostava de letras melancólicas e uma sonzeira carinhosamente ruidosa. Deixou o Brasil, com uma ida em maio para Lisboa sem data para voltar. Por fim, se despede da Larissa instrumentista, baterista, para se encontrar como compositora.

Seria fácil culpar apenas o tal Retorno de Saturno que, para quem entende de astrologia, é responsável por grandes transformações na vida de qualquer um na virada dos 20 para os 30 anos de idade, mas Larissa se colocou a sair de toda e qualquer zona de conforto.

Aos 29 anos, ela se reencontra. Está em um novo lar, em uma nova estética, em uma nova posição artística.

Por isso, tem muito significado a nova versão dela para "Mulher", uma canção do primeiro e único disco da Ventre (homônimo, de 2016), criada por Gabriel Ventura a partir de uma história vivida por Larissa.

Têm-se ali, então, o choque do ontem com o hoje. O vídeo, disponível no player abaixo, mostra a artista a experimentar esse embate. É seu novo projeto, chamado ÀIYÉ (escrito dessa forma com letras maiúsculas), de frente com a Ventre, a banda encerrada em 2018, com um show emocionante no Lollapalooza e um EP de nome simbólico: Saudade (O Corte).


O vídeo integra um projeto chamado Tudo Que Se Pode Ouvir, realizado pela produtora Umanoid, cujo objetivo é dar espaço às experimentações do cenário independente.

"Então eu ressignifico ela [a música "Mulher"] trazendo outro lado, trazendo a força da mulher e o conceito de ÀIYÉ (que faz parte do casting da Balaclava Records). É ressignificar mesmo, uma ressignificação de mim enquanto artista e instrumentista, e ao mesmo tempo um agradecimento à fase Ventre", ela explica.

ÀIYÉ estreou em uma residência artística realizada por Larissa Conforto no simpático Centro da Terra, em São Paulo, também aberto às criações artísticas.

Larissa Conforto, que já trabalhou até com nomes como Gilberto Gil e Caetano Veloso na função de produtora artística, está pronta para viver de novo o novo. Bem-vinda, mais uma vez.

+++ De Zeca Pagodinho a Kendrick Lamar, Djonga escolhe os melhores de todos os tempos