Lauryn Hill deverá fazer turnê este ano e cumprir prisão domiciliar posteriormente, segundo site

Após condenação por sonegação de impostos e três meses na prisão, ela obteve permissão para viajar e fazer shows em novembro e dezembro

Redação Publicado em 09/10/2013, às 11h11 - Atualizado às 13h16

Lauryn Hill
Mel Evans/AP

Lauryn Hill deixou a prisão na última sexta, 6, depois de cumprir três meses de pena por sonegação de impostos. Agora, ela deveria ficar em prisão domiciliar, mas a cantora conseguiu autorização na justiça para adiar a detenção e poderá viajar para fazer shows a partir de 15 de novembro e até o último dia do ano. As informações são do site TMZ.

A cantora ficou menos tempo na prisão do que deveria – ela conseguiu sair alguns dias antes por bom comportamento. Logo após ser liberada, lançou uma música, “Consumerism”. Lauryn quer voltar à carreira o mais rápido possível, até porque precisa pagar as despesas com advogados e quitar suas dívidas com a receita.

A condenação ocorreu depois que ficou comprovado que a artista não declarou mais de US$ 2 milhões ao longo de dois anos, a partir de 2005. Ao ser condenada, ela citou o racismo histórico como um dos maiores motivos para os seus problemas fiscais. Recentemente, assinou um contrato com a gravadora Sony e prepara um novo disco.

Ouça "Consumerism" no player abaixo: