Lea Michele, de Glee, mergulha com “Cannonball”; ouça

A atriz e cantora irá estrear em carreira solo no próximo ano com o disco Louder, que conta com participação de colaboradores de Britney Spears, Katy Perry, Rihanna e Beyoncé

Redação Publicado em 11/12/2013, às 10h19 - Atualizado às 10h31

“Cannonball”
Divulgação

Lea Michele, do Glee, deu o primeiro passo para a carreira pop com o lançamento de “Cannonball”. O single é a estreia dela que estará presente no debute solo, Louder, cujo lançamento está marcado para 2014.

17 séries que duraram tempo demais.

A faixa é instantaneamente memorável, o que não é uma surpresa, dada a quantidade de hit-makers que participaram da criação dela, como Sia (Britney Spears e Katy Perry) e Benny Blanco (Perry e Maroon 5). A produção ficou por conta da dupla norueguesa Stargate (Rihanna e Beyoncé).

Ainda assim, é a poderosa voz de Michele que toma por assalto em “Cannonball”, enquanto ela se alterna entre timbres típicos da Broadway e melodias pop treinadas nas temporadas de Glee.

Enquanto a carreira dela se prepara para decolar, Michele permanece crucial para o time do seriado teen. O criador Ryan Murphy está atualmente trabalhando em uma nova série derivada de Glee, que seria centrada na personagem da cantora, Rachel Berry.

Atualmente, Glee está na quinta temporada. Em julho deste ano, a série precisou mudar seu curso por conta da morte do ator Cory Monteith, intérprete do jogador de futebol americano que se tornou cantor Finn Hudson, causada por uma overdose de heroína e álcool.

As performances mais memoráveis de Cory Monteith em Glee.

Um mês depois do trágico incidente, Michele venceu o Teen Choice Award, como Melhor Atriz de Comédia, e dedicou o prêmio a Cory. “Nós tivemos muita sorte de testemunhar seu incrível talento, o bonito sorriso e belo coração. Então, quer você o conhecesse pessoalmente, ou apenas como Finn Hudson, Cory se tornou parte de nós.”

Glee abordou o tema da morte de Cory em um episódio triste nesta temporada, explorando as consequências da morte de Finn, sem revelar a causa do ocorrido, a série foi forçada a pausar a produção para que os criadores pudessem se juntar e repensar no futuro (principalmente na última temporada, exibida no ano que vem).

A série está atualmente no tradicional intervalo de fim de ano e voltará a ser exibida, nos Estados unidos, no dia 25 de fevereiro.

Ouça “Cannonball”: