Led Zeppelin: 7 músicas para provar que John Bonham é o maior baterista da história do rock

O lendário baterista completaria 72 anos neste domingo, 31

Julia Harumi Morita Publicado em 31/05/2020, às 11h00

None
John Bonham (Foto: AP)

Velocidade, precisão e charme. A arte de John Bonham era subir no palco e deslumbrar os espectadores com uma performance impecável na bateria, a qual mudaria o rumo da história do rock e influenciaria músicos do mundo inteiro, de diversas gerações. 

Considerado o melhor baterista de todos os tempos pela Rolling Stone EUA, Bonham - ou Bonzo, para os mais chegados - desafiou os ouvidos dos fãs em “Good Times Bad Times”.  "Todo mundo estava apostando que Bonzoestava usando dois bumbos, mas ele apenas tinha um”, revelou Jimmy Page.  

+++ LEIA MAIS: Antes do Led Zeppelin, John Bonham não parava em banda nenhuma por ser 'selvagem demais’

Ao lado de Robert Plant, Page, John Paul Jones, Bonzoalcançou a harmonia necessária para se arriscar musicalmente e explorar os limites das próprias habilidades musicais, como quando tocou bateria com as mãos no solo de “Moby Dick”

O nível de afinidade entre os músicos do Led Zeppelin era tão profundo que a banda decidiu se separar após a morte de Bonham. Além do talento para a música, o baterista não conseguiu se acostumar com a rotina de turnês e passou a abusar das bebidas alcoólicas, segundo o site Louder Sound

 +++ LEIA MAIS: Como foi o último show do Led Zeppelin completo, com John Bonham, em Berlim; ouça

Os músicos tinham acabado de retomar os ensaios na casa de Page para se prepararem para uma turnê norte-americana, quando Bonhambebeu cerca de 40 doses de vodca no período de 12 horas. Bonzoadormeceu na casa do amigo e morreu aos 32 anos após engasgar com o próprio vômito no dia 25 de setembro de 1980. 

Mesmo depois do fim do Led Zeppelin, o legado de Bonhamfoi relembrado por grandes estrelas do rock, como Dave Grohl. O líder do Foo Fighters já afirmou para a Rolling Stone EUA que passou “anos ouvindo a bateria de Bonham e tentando imitar o movimento, ritmo, a velocidade ou o poder” dele.

+++ LEIA MAIS: Jimmy Page queria a volta do Led Zeppelin, mas a banda aprendeu "uma dura lição nos anos 1980"

E para celebrar o aniversário do músico, que completaria 72 anos neste domingo, 31, se tivesse vivo, separamos as 7 melhores performances do músico listadas pelo Louder Sound.

O ranking conta com clássicos da bandas, como “Rock and Roll” e “Kashmir”, além do projeto de instrumental de Bonzo em Montreux incorporado no disco póstumo Coda, lançado em 1982.

+++ LEIA MAIS: Robert Plant nunca imaginou que faria um disco sem o Led Zeppelin

O lendário solo que Bonhamapresentava antes de “Moby Dick” é a performance que lidera a lista. Segundo a Louder Sound, o músico conseguia prender a atenção da plateia por mais de quatro minutos -  e no caso do vídeo abaixo, por 10 minutos -  com uma performance extraordinária.

Confira 7 músicas que provam o legado de John Bonham como um dos maiores bateristas do rock: 

7. “Rock and Roll”- 1971


 6. “The Ocean” - 1973


5. “Bonzo’s Montreux” - 1982


4. “In My Time of Dying” - 1975


3. “Kashmir” - 1975


2. “When The Levee Breaks” - 1971


1. Moby Dick (1969)


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE