Led Zeppelin lança linha de tênis para celebrar o aniversário de 50 anos da estreia

A banda criada em 1968, lançou seus dois primeiros discos, os clássicos I e II, no ano seguinte

Redação Publicado em 14/02/2019, às 09h43

None
Led Zeppelin (Crédito: DPA/AP Photos)

O Led Zeppelin se tornou uma banda cinquentona em 2018. Foi em 1968 que Jimmy Page colocou para funcionar aquela que é considerada uma das maiores bandas de rock de todos os tempos.

No ano seguinte, vieram os dois primeiros discos da trupe formada ainda por Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham, chamados Led Zeppelin I e Led Zeppelin II.

Portanto, com atraso, ainda é tempo de comemorar, certo?

A banda decidiu, então, se aliar à marca streatwear Vans para lançar uma linha de tênis comemorativa.

Além de bonés e camisetas, a parceria vai colocar nas lojas dois modelos de calçados. O primeiro, o tênis do modelo Era (de cano baixo) é de couro preto, com os detalhes dos símbolos adotados pelos quatro integrantes do Zeppelin, apresentados na capa do disco Led Zeppelin IV.  

O outro, o Sk8-Hi, aquele de cano alto, tem a reprodução da imagem do zepelim do álbum Led Zeppelin I estampada nele.  

A imagem dos modelos pode ser vistas no fim do texto.

A volta do Led Zeppelin? 

Sobre as eternas conversas a respeito da reunião do Led Zeppelin, o filho do baterista John Bonham, Jason, recentemente deu uma entrevista na qual deu pouquíssimas esperanças de que o grupo irá se apresentar junto novamente - com Jason no lugar do pai, como ocorrido na última reunião da banda, em 2007, em um show registrado em vídeo e lançado como o álbum Celebration Day.

Em entrevista à Billboard, no ano passado, Bonham relembrou uma conversa com Robert Plant sobre a possibilidade de retorno do grupo aos palcos:

"Eu disse (a Plant): 'Eu preciso perguntar. A gente vai reunir a banda novamente?' E ele disse: 'Eu amava seu pai demais. Não é um desrespeito a você. Você conhece o nosso material melhor que nós mesmos e ninguém vivo é capaz de tocar como você. Mas não é a mesma coisa. Eu não posso ir lá e fingir. Não consigo ser uma jukebox, não consigo sair e tentar fazer dessa forma."

Plant, recorda Bonham, disse ser incapaz de fazer como o The Who, cuja carreira seguiu seguiu adiante após a morte do baterista Keith Moon.

"Ele me disse que quando meu pai morreu [em 1980], deixou esse mundo, também foi o fim do Zeppelin."

Veja a linha de calçados criada pela parceria entre o Led Zeppelin e a Vans: