Led Zeppelin lançará novas versões para os três primeiros discos ainda em 2014

Led Zeppelin, Led Zeppelin II e Led Zeppelin III serão os primeiros em uma série de relançamentos

Rolling Stone EUA Publicado em 07/01/2014, às 09h45 - Atualizado às 09h51

O peixe de Led Zeppelin - Galeria
Reprodução/Facebook oficial

Há muito tempo prometido, o catálogo do Led Zeppelin enfim começará a ser lançado em 2014. Jimmy Page anunciou a novidade no site oficial dele, na semana passada, mas a publicação foi removida logo depois. A Rolling Stone EUA, contudo, confirmou a notícia nesta segunda-feira, 6, com um representante da banda. Ele ainda afirmou que os relançamentos “serão lançados pelo selo Swan Song/Atlantic, como os discos originais”.

Na capa da edição de janeiro, Jimmy Page avalia a trajetória épica da banda com final repentino e trágico – e a sombra que isso ainda projeta sobre a vida dele.

A primeira parte virá com os três primeiros discos do Zeppelin, Led Zeppelin, Led Zeppelin II e Led Zeppelin III. O post de Page ainda havia anunciado que o guitarrista lançaria “um material próprio dos meus arquivos”, também neste ano, mas sem explicar se as músicas farão parte do material solo dele ou em colaborações com outros artistas feitas ao longo dos anos.

Page inicialmente anunciou o relançamento em novembro de 2012. Cada álbum terá uma edição de luxo, como ele falou à Rolling Stone, que inclui “novas sonoridades e deslumbres visuais”. Page explicou que ele pretendia que os novos discos trouxessem mixes alternativos das canções da banda, assim como versões ao vivo nunca antes lançadas.

Ele também afirmou que os discos soariam muito melhores do que as versões disponíveis atualmente. “O catálogo foi remasterizado há 20 anos”, disse ele. “Isso é muito tempo. Tudo foi transferido do formato analógico para o digital. Este é um dos problemas do material do Zeppelin. Soa muito mal em MP3. Você não consegue ouvi-lo propriamente.”

Como 10 mestres da guitarra começaram: Jimmy Page.

Robert Plant indicou que um dos extras que poderia estar incluído viria de uma participação da banda na britânica BBC Radio 6, realizada em outubro. Em algumas delas, disse Plant, o baixista John Paul Jones estaria nos vocais. “Até agora. Ele me dará dois carros e uma estufa para não tirá-lo do disco”, riu o vocalista. “Ah, John. Você mal pode esperar para se ouvir cantando para todo o mundo.”

Não relacionado com o novo relançamento, o Zeppelin publicou todo o catálogo da banda no Spotify no último mês de dezembro, depois de uma longa negociação. Não foi a primeira vez em que a banda “brigou” com as versões digitais. Anteriormente, por exemplo, o grupo esperou até 2007 para lançar o catálogo completo no iTunes – quatro anos depois que o serviço foi lançado.

Galeria: dez grandes parcerias do rock and roll.