Led Zeppelin negocia liberar discografia completa em streaming

Grupo conversa com empresas de serviço de música online como Spotify, Rdio e Rhapsody

Redação Publicado em 08/01/2013, às 13h00 - Atualizado às 15h08

Led Zeppelin
Ross Halfin/Divulgação

Os integrantes do Led Zeppelin têm conversado com vários serviços de música em streaming para liberar com exclusividade o catálogo da banda, de acordo com informações do The New York Times. Spotify, Rdio e Rhapsody estão entre as empresas que estariam competindo pela discografia da banda.

Na capa da edição de janeiro, Jimmy Page avalia a trajetória épica da banda com final repentino e trágico – e a sombra que isso ainda projeta sobre a vida dele.

Garantir os direitos das músicas do Zeppelin significaria um impulso considerável para a empresa vencedora, tomando por base o forte apelo de vendas do grupo com o passar dos anos: a banda vendeu mais de 111 milhões de discos nos Estados Unidos, incluindo 840 mil em 2012.

Ainda assim, a tal exclusividade não costuma permanecer por muito tempo: o Red Hot Chili Peppers, por exemplo, fechou um acordo desse tipo com o Spotify no ano passado, mas hoje suas músicas já são encontradas em outros canais que prestam o mesmo serviço.

O acordo seria o maior passo do Zeppelin na era digital – a banda esperou até 2007 para deixar que seus discos fossem vendidos em formato digital no iTunes. Outras grandes bandas, como Pink Floyd e AC/DC, ainda não licenciaram suas músicas a serviços de streaming. Em contrapartida, o Metallica, uma das bandas que mais se opôs à música digital nos anos 90, fechou um acordo com o Spotify no ano passado.